19.9 C
Vitória
segunda-feira, 22 DE julho DE 2024

Saiba quem são os novos deputados que vão compor o plenário da Ales a partir desta quarta-feira

Com o total de 30 cadeiras, a Ales terá 16 novos deputados e 14 reeleitos

Por Regina Trindade

Faltando menos de um dia para a posse dos deputados estaduais na Assembleia Legislativa do Espírito Santo (Ales) e o início da 20ª Legislatura, é grande a curiosidade sobre os novos rostos que vão circular pelo plenário em 2023. Além disso, aguarda-se pela eleição da Mesa Diretora, que pela primeira vez em 20 anos, pode ter duas chapas na disputa pela Presidência.

- Continua após a publicidade -

No pleito de 2022, mais da metade do plenário foi renovado, com 16 deputados estaduais novatos e 14 que se reelegeram. Confira a segunda parte do dossiê preparado pela ES Brasil com os nomes e as propostas dos novos parlamentares, bem como as suas posições em relação ao Executivo estadual.

Pablo Muribeca (Patriota)

Saiba quem são os novos deputados que vão compor o plenário da Ales a partir desta quarta-feira
O “homem do chapéu” disse que vai continuar fiscalizando os serviços públicos. Foto: Divulgação.

Conhecido como o “homem do chapéu”, Pablo Aurino Ramos Araújo tem 31 anos e assume seu primeiro mandato como deputado estadual após conseguir 24.555 votos. O político, natural da Serra, é professor de Educação Física e foi vereador da Serra até o ano passado. Pretende atuar com a fiscalização dos serviços, principalmente na área da saúde. 

“Sou reconhecido como fiscalizador e foram as fiscalizações na saúde que também me colocaram onde eu estou hoje. É a confiança das pessoas que precisam do SUS (Sistema Único de Saúde) e que são desprezadas, negligenciadas, e que não têm uma voz que possa lutar por elas. Então, eu espero ser a voz, não só do povo serrano, mas da população capixaba por inteiro”, disse.

O deputado eleito acredita que o Espírito Santo ainda tem desafios gigantes a serem enfrentados e afirmou que vai se dedicar integralmente para contribuir com a melhoria de vida dos capixabas. “Vou estar sempre à disposição do povo para legislar e cumprir tudo aquilo que eu prometi durante a eleição, que é lutar incansavelmente pelos menos esclarecidos”, frisa. Enfatiza, ainda, que a população precisa entender que o político é um “empregado do povo”.

Mesmo eleito fora da coligação de Casagrande, Muribeca afirmou que pretende estar ao lado do governo. “Espero que ele (o governador) possa entender que minhas fiscalizações são uma entrega do que está errado e que ele possa corrigir, levando, sim, melhorias para nossa população”, destacou.

 

Mazinho dos Anjos (PSDB) – Federação PSDB Cidadania

Saiba quem são os novos deputados que vão compor o plenário da Ales a partir desta quarta-feira
O ex-vereador de Vitória quer atrair investimentos para o Noroeste do Estado. Foto: Divulgação.

Conhecido pela população de Vitória por ter sido vereador da capital, Mazinho assume como deputado estadual após conseguir 20.731 votos. O advogado de 41 anos é natural de Vitória e participou de movimentos jovens ligados ao empreendedorismo e ao associativismo.

Na Ales o parlamentar pretende levar essas mesmas bandeiras para todo o Estado, em especial, para a Região Noroeste. A ideia é atrair investimentos do Executivo estadual e novas empresas para os municípios da região. “Vamos trabalhar bastante na área do desenvolvimento econômico, geração de emprego e renda, melhoria da saúde e também no desenvolvimento da agricultura”, afirma. 

Eleito pela mesma coligação que deu a vitória ao Executivo, Mazinho afirma que tem excelente relação com o governador Renato Casagrande e que possui pautas semelhantes às do vice-governador Ricardo Ferraço (PSDB). “A participação do Ricardo no governo vai ser muito boa para desenvolver o que acredito que sejam as prioridades para o Estado”, salienta.

 

Callegari (PL)

Saiba quem são os novos deputados que vão compor o plenário da Ales a partir desta quarta-feira
O deputado eleito vai lutar por menos burocracia e mais investimento público e privado. Foto: Arquivo/ Rede Social.

Wellington Callegari tem 40 anos e é natural de São Paulo (SP). Vai exercer o seu primeiro mandato eletivo ao fazer 16.842 votos. tem graduação em História e é professor e servidor público estadual. 

Em seu mandato, comprometeu-se a trabalhar por menos burocracia e regulamentação, mais investimento público e privado em infraestrutura, especialmente dos transportes, saneamento básico, a humanização da saúde com o fim da violência obstétrica, melhorias administrativas do Judiciário, restauração da ordem na educação, fortalecimento do terceiro setor e o combate à ‘ideologia de gênero’ nas escolas.

O envolvimento político de Callegari teve início no município de Vargem Alta. “Onde pude acompanhar meu pai em seu trabalho de líder comunitário e vereador. Desde 2011 sou palestrante e ativista conservador e, em 2016, fundei o movimento Ordem, Justiça e Liberdade (OJL)”, comentou.

 

Zé Preto (PL)

Saiba quem são os novos deputados que vão compor o plenário da Ales a partir desta quarta-feira
Mesmo eleito em partido de oposição, parlamentar afirmou que não vai ter dificuldades com o Executivo. Foto: Divulgação.

Ademir José Gomes Pereira  vai assumir o primeiro mandato como deputado estadual ao fazer 15.901 votos. Zé Preto, como é conhecido, tem 49 anos e já foi vereador duas vezes por Guarapari. Ele afirmou que vai lutar por melhorias em todas as áreas, principalmente, da saúde pública.

“O cidadão mais humilde não pode ficar por meses e meses na fila para uma simples consulta médica. Vamos trabalhar em parceria com a Secretaria de Estado da Saúde e, consequentemente, com o governador Renato Casagrande (PSB) para buscarmos soluções efetivas”, disse.

Mesmo tendo sido eleito por um partido que teve candidato de oposição a Casagrande, Zé Preto afirmou não ver dificuldades na relação com o Executivo estadual. “Vou atuar alinhado com o governador. Precisamos trabalhar em parceria para, juntos, buscarmos o melhor para o nosso Estado. O período eleitoral ficou para trás. O foco é entregar um bom trabalho ao povo”, frisou.

Assembleia Legislativa começa ano com renovação de mais de 50% dos deputados estaduais

Alcântaro (Republicanos)

Saiba quem são os novos deputados que vão compor o plenário da Ales a partir desta quarta-feira
O deputado eleito pretende levar investimentos para Aracruz e para as BRs 101 e 262. Foto: Divulgação.

Natural de Aracruz, onde foi vereador e presidiu a Câmara Municipal, Alcântaro Victor Lazzarini Campos é advogado e conseguiu 15.742 votos para se eleger deputado estadual. 

No Legislativo estadual, ele promete trabalhar para levar investimentos para Aracruz e região. Um dos exemplos dados pelo futuro parlamentar é a necessidade de ampliar e modernizar a ES-010, a “Rodovia da Orla”, que passa pelo litoral aracruzense. O parlamentar avalia que também existem graves problemas a serem sanados dentro das áreas de infraestrutura e mobilidade urbana em todo o Estado. Dentre as obras que devem ter uma atenção especial do poder público cita a duplicação da BRs 101 e 262.

“Sempre digo que nosso estado funciona das 9 às 15 horas, que é o tempo que temos para escaparmos dos gargalos nas BRs 101 e 262. É urgente destravarmos esses gargalos que dificultam a economia do interior com a duplicação das duas BRs; a viabilização de novos ramais ferroviários; e um grande projeto de reforma e ampliação das rodovias estaduais”, destacou.

Eleito pelo Republicanos, que não fazia parte da coligação do governador eleito Renato Casagrande (PSB), Alcântaro enfatiza que vai atuar de forma independente em relação ao Executivo estadual, porém, com harmonia e diálogo com o governo. 

“É a maior contribuição que um parlamentar pode dar a qualquer governo: independência para propor alternativas, indicar novos caminhos, debater e criticar de forma construtiva, sempre com muito respeito. Independência para votar com o governo quando necessário e para votar contra quando a gente entender que o interesse público está sendo violado”, disse.

 

Allan Ferreira (Podemos)

Saiba quem são os novos deputados que vão compor o plenário da Ales a partir desta quarta-feira
Entre as bandeiras defendidas pelo político, destaca-se o autismo. Foto: Instagram.

Nascido em Duque de Caxias (RJ) e criado em Sooretama, o servidor público municipal de 48 anos vai assumir seu primeiro mandato no Legislativo Estadual com 15.185 votos.  Allan, que é bacharel em Ciências Contábeis e pós-graduado em Gestão Pública, conta que vai trazer para a Assembleia Legislativa a bandeira defendida como vereador. 

“Vou trazer as minhas bandeiras de legislador municipal. A minha luta principal é a causa autista. Quero trazer isso para o estado. As políticas públicas não acompanharam o crescimento dos casos de autismo. É preciso ter educação inclusiva. Temos que preparar os professores. Não é só pegar um cuidador e colocar do lado do autista”, contou.

Sobre a relação com o Executivo, Allan entende que será tranquila. “Eu sou da base do governo estadual. O Podemos é um partido da base. Trabalhei toda a minha campanha aliado ao governo do Estado. Estou aqui para dar sustentação ao mandato do governador.”

 

Bispo Alves (Republicanos)

Saiba quem são os novos deputados que vão compor o plenário da Ales a partir desta quarta-feira
Foto: Divulgação.

Benedito Alves Costa é radialista e teólogo. Foi deputado estadual pelo Rio de Janeiro. Natural de Sergipe, assume em 2023 seu primeiro mandato eletivo pelo Espírito Santo ao conquistar 14.474 votos. 

 

Coronel Weliton (PTB)

Saiba quem são os novos deputados que vão compor o plenário da Ales a partir desta quarta-feira
Militar reformado, o deputado estadual eleito vai defender bandeiras que tenham valores cristãos e cidadãos. Foto: Divulgação.

Weliton Virgilio Pereira tem 55 anos e foi eleito deputado estadual com 12.176 votos. Militar reformado, atuou na Polícia Militar (PMES) durante 30 anos. Após esse período foi eleito prefeito de Iúna, no Caparaó Capixaba, em 2016. 

Na Assembleia, afirmou que vai defender todas as bandeiras que se concatenem com os valores cidadãos e cristãos. “Nossa bandeira é o interesse público, as causas coletivas, desde que não atentem contra nossos conceitos e valores morais. A política pública não se realiza de forma isolada. Queremos fazer propostas bem embasadas e que venham ao encontro das necessidades de instituições, regiões e municípios”, disse.

Apesar de ter sido eleito numa chapa de oposição ao governador reeleito Renato Casagrande (PSB), ele não acredita em problemas no trato com o Executivo estadual. Ele defende uma relação “democrática” com o governo do Estado, federal e com os governos municipais. 

“Temos de respeitar as limitações, as competências legislativas e constitucionais, da mesma maneira que gostaríamos de ser respeitados em nossas decisões tanto individualmente quanto coletivamente aqui na Assembleia”.

Com informações de Assembleia Legislativa do Espírito Santo (Ales).

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

Matérias relacionadas

Continua após a publicidade

EDIÇÃO DIGITAL

Edição 222

RÁDIO ES BRASIL

Continua após publicidade

Vida Capixaba

- Continua após a publicidade -

Política e ECONOMIA