27.9 C
Vitória
sábado, 15 junho, 2024

Donas de negócios que se destacam serão reconhecidas em premiação

As capixabas que são donas de negócios têm até domingo (17) para se inscreverem no Prêmio Sebrae Mulher de Negócios

Por Amanda Amaral

As capixabas que são donas de negócios têm até domingo (17) para se inscreverem no Prêmio Sebrae Mulher de Negócios, que vai homenagear as empreendedoras que se destacaram no setor empresarial em diversos segmentos.

- Continua após a publicidade -

A inscrição é gratuita, basta acessar o portal do Sebrae, preencher o formulário eletrônico e enviar o link para o vídeo com pitch (apresentação rápida) da empreendedora candidata.

Podem participar, maiores de 18 anos proprietárias de micro e pequenas empresas (MPEs) ou que sejam Microempreendedoras Individuais (MEIs) com CNPJ, além de produtoras rurais com inscrição estadual de produtor, número do Imóvel Rural na Receita Federal (NIRF) ou declaração de aptidão (DAP) no Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf). Também podem participar aquelas que exploram atividades pesqueiras e têm registro no Ministério da Pesca.

Categorias e etapas

As participantes podem concorrer em três categorias: MEI, Pequeno Negócio e Produtora Rural. As fases estadual e regional acontecem entre agosto e outubro. Já a nacional deve acontecer em novembro, quando se comemora o Dia Mundial do Empreendedorismo Feminino. A cerimônia da grande final será realizada, presencialmente, em Brasília (DF). O Sebrae pagará as despesas de deslocamento para as finalistas.

Na primeira etapa, estadual, serão escolhidas até três candidatas de cada unidade federativa, em cada uma das categorias. A etapa regional será eliminatória para a fase nacional e não prevê premiação ou divulgação. Por fim, a etapa nacional terá a participação das 15 vencedoras regionais, correspondentes a três vencedoras por categoria para cada uma das cinco regiões do país, que estarão automaticamente classificadas para a grande final da premiação.

Critérios de julgamento

Entre os critérios de julgamento estão aspectos relacionados à gestão do negócio como marketing e vendas, finanças, inovação, estratégia, entre outros. A análise do relato da história também vai considerar os desafios para abrir o empreendimento, participação ativa nos negócios, perseverança e superação, preocupação com a preservação do meio ambiente e cultura da sua região, lições aprendidas, contribuição para o desenvolvimento de outras empreendedoras da sua comunidade, entre outros pontos.

Premiação

Além dos troféus, as vencedoras da etapa nacional nos primeiro e segundo lugares de cada categoria vão ganhar um smartphone de última geração. O terceiro lugar de cada categoria receberá um tablet também do modelo mais recente.

Donas de negócios que se destacam serão reconhecidas em premiação
O objetivo do Sebrae é estimular o empreendedorismo feminino ao reconhecer histórias inspiradoras. Foto: Divulgação/Sebrae/ES

Todas as nove ganhadoras nacionais vão participar de uma missão técnica nacional de capacitação, com passagens e diárias custeadas pelo Sebrae.

O primeiro lugar de cada categoria também terá uma vaga no Empretec e ao segundo lugar de cada categoria ficará reservada uma vaga para participar do UP Digital de aceleração digital dos negócios. Após cinco anos sem realização, a premiação, cuja última edição foi realizada em 2017, está de volta. O objetivo, segundo o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae-ES), é estimular o empreendedorismo feminino ao reconhecer histórias inspiradoras de empresas lideradas por mulheres de todos os cantos do país.

Estímulo ao empreendedorismo

“O retorno desta premiação chega em um momento importante, onde cada vez mais as mulheres têm conquistado espaços e se empoderando através do empreendedorismo. Sempre é bom falar sobre a importância da mulher inspirar outras mulheres com suas histórias, ser exemplo para outras. É principalmente sobre isso o prêmio, para que as mulheres sintam que é possível, que outras conseguiram. O nosso objetivo é incentivar e estimular tanto empreendedoras quanto mulheres que desejam empreender, a darem continuidade aos seus sonhos”, destaca a analista do Sebrae-ES, Andrea Gama.

Com informações do Sebrae. 

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

Matérias relacionadas

Continua após a publicidade

EDIÇÃO DIGITAL

Edição 221

RÁDIO ES BRASIL

Continua após publicidade

Vida Capixaba

- Continua após a publicidade -

Política e ECONOMIA