25.5 C
Vitória
sábado, 18 maio, 2024

Festa da Penha: como tudo começou

Neste ano, é celebrada a 454ª edição da Festa da Penha e ocorre de forma ininterrupta desde 1570, quando tudo começou

Por Wesley Ribeiro

A edição de 2024 da festa em homenagem a Nossa Senhora das Alegrias ou Festa da Penha, como é carinhosamente chamada pelos capixabas, chega ao fim nesta segunda-feira, 8 de abril. Ao todo, são nove dias de muita fé, emoção e vida. Mas como tudo começou? 

- Continua após a publicidade -

Segundo dados do site do Convento da Penha, um dos mais importantes cartões postais do Espírito Santo, a Festa da Penha é uma das festas religiosas (e marianas) mais antigas do Brasil. Neste ano, é celebrada a 454ª edição e ocorre de forma ininterrupta desde 1570, quando tudo começou. 

A festa capixaba fica atrás apenas do Círio de Nazaré, em Belém do Pará, e da Festa de Aparecida, Padroeira do país. 

Nossa Senhora da Penha foi proclamada padroeira do Espírito Santo através da Bula Papal do Papa Urbano VIII em 23 de março de 1630. De acordo com a história, a Bula só foi confirmada em 26 de janeiro de 1908, após o resultado de um plebiscito realizado nas principais comunidades católicas do estado. Por fim, a aprovação do Vaticano, ocorreu em 27 de novembro de 1912.

Festa da Penha: como tudo começou
Nesta rara imagem, a Romaria dos Homens, em sua edição do ano de 1958, com os participantes, somente homens, cruzando a Ponte Florentino Avidos – Foto: Divulgação

Um fato histórico curioso é que, no início, só os homens podiam participar das celebrações em homenagem a Nossa Senhora da Penha.

A romaria dos homens foi realizada pela primeira vez no ano de 1955, durante o dia, com um trajeto diferente, que passava pela Vila Rubim, Ponte Florentino Avidos, São Torquato, Rodovia Carlos Lindenberg e subia até o Campinho do Convento.

A festa da padroeira dos capixabas sempre foi o principal evento religioso e histórico do estado, prova disso é que 1844, segundo a Lei nº 7, de 12 de novembro do mesmo ano, o dia da festa passou a ser considerado “DIA DE NOSSA SENHORA DA PENHA” em todo o Estado do Espírito Santo.

No dia 03 de julho de 2019 foi sancionada, pelo Governador Renato Casagrande, a Lei Estadual nº 11.010, que estabelece Data Magna e Feriado Estadual o Dia de Nossa Senhora da Penha, Padroeira do Estado do Espírito Santo. Segundo o documento, a comemoração “será sempre na segunda-feira, oitavo dia posterior ao domingo de Páscoa”.

As cores predominantes na Imagem de Nossa Senhora são as mesmas da bandeira o Espírito Santo: rosa (veste de Nossa Senhora), azul (manto) e branco (veste do Menino Jesus). 

A Estrada da Penitência, também conhecida como Ladeira das 7 Voltas, é o caminho de acesso ao Convento, mais antigo. Ele existe há mais de 200 anos e tem por volta de 457 metros de extensão, porém exige mais esforço e atenção, pois é íngreme. Nesta estrada estão colocadas, nas 7 curvas, as placas com as 7 Alegrias de Nossa Senhora.

  • 1ª Alegria: A anunciação do Anjo
  • 2ª Alegria: Visita de Maria a sua prima Isabel
  • 3ª Alegria: Nascimento de Jesus
  • 4ª Alegria: A Adoração dos Reis Magos
  • 5ª Alegria: O Encontro do Menino Jesus no Templo
  • 6ª Alegria: Maria vê a Jesus Ressuscitado
  • 7ª Alegria: A Assunção de Maria e sua Coroação no Céu)

Confira abaixo a programação completa dos festejos desta segunda-feira (8):

8 de abril (segunda-feira) – Dia da Padroeira do Espírito Santo

  • 0h, 1h, 2h, 3h, 4h, 5h, 6h, 9h e 12h – Missas na Capela do Convento
  • 7h – Missa CRB e Seminário – Campinho do Convento – transmissão ao vivo (tvs, rádios, internet)
  • 8h – Romaria dos Conguistas, saída do portão do Convento em direção ao Campinho
  • 8h – Romaria dos Ciclistas de Vila Velha – saída em frente à praça Sebastião Cibien, em Cobilândia, Vila Velha
  • 10h – Missa – Pastorais Sociais – Vicariato para Ação Social – Campinho do Convento
  • 14h – Programa Especial Salve Mãe das Alegrias com Carol Monteiro e Padre Renato Criste – animação no Parque da Prainha com convidados – transmissão ao vivo (tvs, rádios, internet)
  • 16h45 – Missa de encerramento da Festa da Penha no Parque da Prainha – transmitida pela TV Gazeta
  • 18h30 – Show de encerramento com Michel Teló

*Com informações do site do Convento da Penha 

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

Matérias relacionadas

Continua após a publicidade

EDIÇÃO DIGITAL

Edição 221

RÁDIO ES BRASIL

Continua após publicidade

Vida Capixaba

- Continua após a publicidade -

Política e ECONOMIA