20.5 C
Vitória
segunda-feira, 22 DE julho DE 2024

ES: Venda de veículos automotores cai em junho

O resultado em junho deste ano indicou retração de -3,10% no acumulado do ano e de -7,2% com relação a maio

Por Amanda Amaral

Em junho deste ano, o resultado dos emplacamentos indicou retração no setor de -3,10% no acumulado de 2022 e de -7,2% com relação a maio. As informações são do Sindicato dos Concessionários e Distribuidores de Veículos no Espírito Santo (Sincodiv/ES).

- Continua após a publicidade -

A comparação entre junho (6.397) e maio (6.947) deste ano aponta uma queda no Espírito Santo na venda de veículos de qualquer segmento (automóveis, comerciais leves, motocicletas, caminhões, ônibus e implementos rodoviários), indicando uma diferença percentual de – 7,2%.

No acumulado de junho de 2022, foram emplacadas 33.174 unidades de todos os segmentos o que representa uma queda de -3,10% na comparação com o mesmo período do ano passado, quando foram emplacadas 34.236 unidades.

Semestre estável

Para o presidente do Sincodiv/ES, Riguel Chieppe, o resultado dos emplacamentos do mês de junho no acumulado mostrou retração, mas demonstra que o primeiro semestre do ano ficou estável.

“Se mantivermos esta mesma média, até o final do ano, teremos um desempenho semelhante ao obtido no ano passado, até porque o segundo semestre costuma, historicamente, ser melhor do que o primeiro”, analisa Chieppe.

Cabe ressaltar que se comparados os emplacamentos de junho de 2022 com emplacamentos de junho de 2021, houve crescimento de 1,91% em relação as 6.277 unidades comercializadas no ano anterior.

No Brasil

A Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave) revisou as perspectivas para 2022 e prevê um aumento de 5,5% para todo o setor. De acordo com a entidade, por ter um dia útil a menos e contar com 21 dias, os emplacamentos de veículos, em junho, registraram retração de 6,6%, na comparação com maio deste ano.

Apesar disso, ficaram 2,1% acima do mês de junho de 2021. “Considerando que a diferença de um dia útil representa, em média, 5% nas vendas mensais, podemos considerar que o mercado, em junho, ficou estável”, analisa o presidente da Fenabrave, Andreta Jr.

Segmento de motocicletas

O bom desempenho do segmento de motocicletas, que cresceu mais de 23% até junho, na comparação ao acumulado do ano passado, fez com que o 1º semestre de 2022 fechasse em ligeira queda, de apenas 3%.

“A recuperação do setor vem acontecendo de forma gradual e consistente, nos últimos meses. Se notarmos a média diária mensal das vendas, perceberemos essa evolução. No caso de automóveis e comerciais leves, por exemplo, o volume saltou de 5.550 unidades, em janeiro deste ano, para 8.270, em junho”, explicou Andreta Jr.

Ele complementou: “Se mantivermos a mesma média diária de junho, até o final deste ano, teremos um desempenho anual muito próximo ao resultado obtido no ano passado, numa estimativa moderada, já que o segundo semestre costuma ser melhor do que o primeiro, historicamente”, analisou.

Com informações do Sindicov/ES e Fenabrave.  

 

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

Matérias relacionadas

Continua após a publicidade

EDIÇÃO DIGITAL

Edição 222

RÁDIO ES BRASIL

Continua após publicidade

Vida Capixaba

- Continua após a publicidade -

Política e ECONOMIA