22.1 C
Vitória
quarta-feira, 6 julho, 2022

ES: Prévia da inflação sobe 12,20% em 12 meses

A maior alta do IPCA-15 em maio veio de saúde e cuidados pessoais (+2,19%). Foto: Jeffeson Rudy/Agência Senado

Ricardo Paixão, do Corecon-ES, acredita que até dezembro haverá elevação da inflação e dos juros

Por Amanda Amaral 

O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA-15) divulgado nesta terça-feira (24) foi registrado em 0,59%, uma desaceleração se comparado ao mês anterior (1,7%). Contudo, o índice acumulou 4,93% até o momento e de 12,20% nos últimos 12 meses.

Os dados foram divulgados Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), que anunciou que este foi o maior índice para meses de maio desde 2016, quando ficou em 0,86%.

O mercado se movimento de acordo com a expectativa dos agentes econômicos. O empresariado forma uma expectativa do que vai ser daqui para frente. Diante de incertezas, ela acaba inseguro e deixa de contratar e investir. Isso faz a economia estagnar”, explicou o integrante do Conselho Regional de Economia do Espírito Santo (Corecon-ES), o economista e professor universitário Ricardo Paixão.

Cenário de Incertezas

Ele destacou ainda que as variações do IPCA-15 entre os meses são comuns. “É natural os preços oscilarem. Às vezes, há quedas em alguns meses por conta da demanda”, comentou Paixão, que acredita que até o final deste ano, em razão da continuidade do conflito no Leste Europeu e do processo eleitoral brasileiro em outubro, haverá elevação dos preços.

“Este ano, na minha avaliação, está todo comprometido”, disse o conselheiro do Corecon-ES, Ricardo Paixão. Foto: Divulgação/Corecon-ES

“Até dezembro, com a decisão do processo eleitoral e diante da instabilidade da guerra, se não houver mudança nesse cenário, a situação será complicada. Vamos ver elevação dos preços, alta da inflação e alta da taxa de juros. Este ano, na minha avaliação, está todo comprometido. Não temos perspectiva de melhora porque temos muitas incertezas ao longo dele”, disse o economista.

Saúde e Cuidados Pessoais

Oito dos nove grupos de produtos e serviços pesquisados tiveram alta em maio. A maior variação veio da Saúde e Cuidados Pessoais: 2,19%. Já o maior impacto positivo foi provocado pelo grupo Transportes, 1,80%; desacelerando frente a abril, quando ficou em 3,43%.

O que é o IPCA?

O IPCA-15 mede o avanço da inflação de um conjunto de produtos e serviços no varejo, referentes ao consumo das famílias com rendimento entre 1 e 40 salários mínimos.

 

 

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Continua após publicidade

Fique por dentro

Vida Capixaba

Continua após publicidade