23.3 C
Vitória
terça-feira, 16 abril, 2024

Dia dos Animais: Mais de mil pequenos negócios para os pets no ES

A fabricação de alimentos para os pets está na 4ª posição entre os principais negócios do setor, com 48 MPEs registradas

Por Amanda Amaral

Nesta terça-feira (04), é comemorado o Dia Mundial dos Animais, e somente no Espírito Santo existem mais de mil Micro e Pequenas Empresas (MPEs) com atividades para os pets.

- Continua após a publicidade -

O mercado voltado para os animais de estimação se fortaleceu durante a pandemia, quando as pessoas em isolamento social passaram mais tempo com seus fiéis companheiros, de acordo com o Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Espírito Santo (Sebrae/ES).

Fabricação de alimentos

A fabricação de alimentos para os bichinhos domésticos ocupa a 4ª posição entre os principais negócios do setor, com 48 MPEs registradas. Entre elas, a Cheff Pet, de Anchieta, uma pequena fábrica de produtos 100% naturais, sem aditivos químicos, que produz alimentos para cães e gatos.

Há dois anos no mercado, a decisão de empreender foi tomada um mês antes da pandemia se instalar no país. O talento do Leandro Carlos de Oliveira para a cozinha e a disposição do filho, Vitor Fernando Carvalho, foram os ingredientes principais para que a empresa saísse do período de experiência e se tornasse uma pequena indústria.

Mas quem de fato motivou o início da produção foi a pet da família, a Flor de Lis. “A nossa cadelinha é muito alérgica, e precisou fazer uma dieta alimentar, então, eu comecei a produzir alguns alimentos saudáveis para ela, em casa mesmo. Chegou um tempo que as pessoas começaram a pedir e a partir daí, percebemos que o produto tinha mercado e surgiu a ideia de monetizar a produção”, conta Leandro.

Tecnologia digital e financeira

A parceria com o Sebrae-ES foi fundamental para que fossem dados os primeiros passos da empresa. “Sem dúvida, o Sebrae/ES foi muito importante para mostrar o caminho de forma profissional em algumas áreas em especial, como tecnologia digital e financeira, para evitar tentativas e erros”, destaca Leandro.

Para testar e validar o produto, eles fizeram uma tiragem exclusiva e distribuíram entre amigos, veterinários, nutricionistas e outros profissionais. Afinal, eles não queriam ser mais uma fábrica de produtos para animais, a meta era produzir algo funcional, focado no tratamento da saúde animal, uma demanda no mercado. 

Petiscos naturais

Dia dos Animais: Mais de mil pequenos negócios para os pets no ES
O empreendedor Leandro Carlos de Oliveira apostou no mercado pet com petiscos saudáveis. Foto: Divulgação/Sebrae-ES

“Tudo é feito com muito carinho e amor, e as pessoas compraram o nosso conceito, o que fez com que o Cheff Pet sobrevivesse e crescesse na pandemia. Nossos produtos possuem tabela de valor nutricional, garantia, e esse é o nosso diferencial. Procuramos entregar para nossos clientes, tutores e pets, o que nós gostaríamos de receber. Primamos pelo relacionamento empático junto a quem nos escolhe. Como expressamos em nosso slogan: É mais que sabor, é amor!”, explica o empreendedor, que hoje toca a empresa sozinho, com o auxílio dos funcionários.

Hoje, além da linha funcional, a empresa atua com outras quatro frentes: linha de petiscos 100% naturais, buffet pet, delicatéssen ou confeitaria, e produtos congelados para estabelecimentos pet friendly. Para se manter no mercado, a Cheff Pet estabeleceu parceiros importantes, como hospedagens, creches, além de revendedores dos produtos e pet influencers. A empresa já pensa em transferir suas atividades para a Grande Vitória, uma vez que 80% dos clientes estão nessa região.

Com informações do Sebrae-ES.

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

Matérias relacionadas

Continua após a publicidade

EDIÇÃO DIGITAL

Edição 220

RÁDIO ES BRASIL

Continua após publicidade

Vida Capixaba

- Continua após a publicidade -

Política e ECONOMIA