22.7 C
Vitória
domingo, 19 maio, 2024

MPES vai apurar denúncias contra vereador acusado de ir para os EUA

Órgão estadual investigará denúncia de abandono de mandato do vereador Fernandinho do Jorgeira; Suplente realizou denúncia

Por Robson Maia

O Ministério Público Espírito Santo (MPES) investigará o caso envolvendo o vereador Fernandinho do Jorgeira (Progressistas), de Água Doce do Norte, Região Norte do Estado, acusado de residir nos Estados Unidos, mesmo cumprindo mandato no município. A denúncia partiu do suplente, Rodrigo Cigano (Progressistas).

- Continua após a publicidade -

Fernandinho é acusado de ter abandonado o cargo e fixado moradia fora do país, o que segundo a Legislação pode resultar na perda do mandato parlamentar. A denúncia de Cigano foi apresentada na Câmara do município e no MPES na última semana. Nos documentos, o suplente apontou que Fernandinho tem residência fixa nos EUA e já teria vínculo trabalhista no país norte-americano.

A situação foi rechaçada pela assessoria do vereador, que alega que a motivação da viagem é a resolução de questões pessoais. A equipe do parlamentar afirmou ainda que solicitará uma licença na Câmara, sem remuneração no período.

Devido às ausências registradas no último mês, Fernandinho não recebeu a remuneração no período. De acordo com o Portal da Transparência, o subsídio pago ao parlamentar é de R$ 4.400,33.

O Ministério Público afirmou, em nota, que acompanha o caso e que vai apurar as denúncias recebidas. Ainda de acordo com o órgão estadual, serão solicitadas informações junto à Câmara de Água Doce do Norte para o entendimento da stiuação.

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

Matérias relacionadas

Continua após a publicidade

EDIÇÃO DIGITAL

Edição 221

RÁDIO ES BRASIL

Continua após publicidade

Vida Capixaba

- Continua após a publicidade -

Política e ECONOMIA