24.2 C
Vitória
domingo, 20 setembro, 2020

Brasil bate recorde histórico da exportação de café

Leia Também

Pandemia faz mulheres adiarem planos de ter filho

Segundo um estudo realizado pela empresa Famivita, que desenvolve produtos ligados à fertilidade, 1 em cada 3 mulheres alterou seus planos de gravidez na pandemia

Senac-ES oferece conteúdos gratuitos para orientar retomada de lojas e restaurantes

O Senac-ES conta com uma novidade em seu canal de youtube. A instituição disponibilizou em formato de conteúdo gratuito as novas normas de funcionamento,...

Caixa informa ter atingido marca histórica de R$ 200 bi em auxilio emergencial

A Caixa Econômica Federal informou nesta sexta-feira, 18, que atingiu a marca histórica de R$ 200 bilhões em pagamentos do auxílio emergencial para 67,2...

País encerrou o ciclo com crescimento de 35%

O Brasil exportou um total de 41,1 milhões de sacas de café no encerramento do ano-safra 2018/19, que compreende julho de 2018 a junho de 2019. O volume representa um recorde histórico de exportações brasileiras para o período e um aumento de 35% em comparação com o ano-safra 2017/18. Em número de sacas de café, foram exportadas 30,5 milhões. Os dados foram divulgados pelo Conselho dos Exportadores de Café do Brasil (Cecafé) nesta segunda-feira (8). A análise considerou a soma das exportações de café verde, solúvel e torrado & moído.

A receita cambial no ano-safra 2018/19 foi de US$ 5,3 bilhões (equivalente a R$ 20,8 bilhões), representando também um aumento de 9,8%, em relação ao mesmo período anterior. Já o preço médio foi de US$ 131,14, queda de 18,7%.

Entre as variedades embarcadas, o café arábica representou 81,7% das exportações, com a exportação de 33,6 milhões de sacas; o solúvel, 9,5% (3,9 milhões de sacas) e o robusta, 8,8% (3,6 milhões de sacas). Na comparação com o ano-safra 2017/18, o Brasil exportou 27,9% a mais de café arábica, 11,3% a mais de café solúvel e 429,1% a mais de café robusta.

“Os resultados refletem a excelência do agronegócio café do Brasil, a eficiência do comércio exportador, os investimentos em pesquisa e inovação, bem como o comprometimento rigoroso com a sustentabilidade, tanto em relação ao meio ambiente quanto à responsabilidade social junto aos produtores. Dessa forma, o Brasil atende às exigências do mercado externo, tanto no quesito qualidade quanto na sustentabilidade, e está pronto para responder a crescente demanda mundial, com a perspectiva de atingir 40% de market-share nos próximos anos. ”, declara Nelson Carvalhaes, presidente do Cecafé.

Principais destinos

No ano-safra 2018/19, os principais destinos do café brasileiro foram, na ordem, os Estados Unidos, com a exportação de 7,5 milhões de sacas (18,3% dos embarques totais no período); Alemanha, com a exportação de 6,6 milhões de sacas (16,1%); Itália, com 3,7 milhões de sacas (8,9%); Japão, com 3 milhões de sacas (7,4%); Bélgica, com 2,8 milhões de sacas (6,7%); Reino Unido, com 1,3 milhão de sacas (3,2%); Turquia, com 1,2 milhão de sacas (2,9%); Federação Russa, com 974 mil sacas (2,4%); Canadá, com 919 mil sacas (2,2%); e Espanha, com 843 mil sacas (2,1%).

Todos os dez principais destinos apresentaram, quando comparado ao ano-safra 2017/18, crescimento no consumo de café brasileiro. Entre eles, destaca-se o Reino Unido, que importou 57,1% a mais de café brasileiro; Japão, com crescimento de consumo de 48,5% e Turquia, com crescimento de 40,4%.

(Fotografia – Shutterstock)

Diferenciados

O Brasil exportou, no ano-safra 2018/19, 7,7 milhões de sacas de café ante 5,4 milhões de sacas exportadas no ano-safra 2017/18, apresentando um crescimento de 42%. Os dez principais destinos de cafés diferenciados no período, que representam 81,3% dos embarques do tipo de café, foram: Estados Unidos (1,7 milhão de sacas), Alemanha (1 milhão de sacas), Japão (939 mil sacas); Bélgica (741 mil sacas), Itália (727 mil sacas), Reino Unido (290 mil sacas), Canadá (285 mil sacas), Holanda (216 mil sacas), Suécia (202 mil sacas) e Espanha (153 mil sacas).

Portos

No ano-safra 2018/19, o porto de Santos foi o que concentrou a maior parte das exportações, com 78,9% do volume embarcado (equivalente a 32,4 milhões de sacas). Na sequência está o Rio de Janeiro, com 12,8% dos embarques (5,3 milhões de sacas) do período.


LEIA TAMBÉM
- Publicidade -

Matérias relacionadas

Pandemia faz mulheres adiarem planos de ter filho

Segundo um estudo realizado pela empresa Famivita, que desenvolve produtos ligados à fertilidade, 1 em cada 3 mulheres alterou seus planos de gravidez na pandemia

Senac-ES oferece conteúdos gratuitos para orientar retomada de lojas e restaurantes

O Senac-ES conta com uma novidade em seu canal de youtube. A instituição disponibilizou em formato de conteúdo gratuito as novas normas de funcionamento,...

Caixa informa ter atingido marca histórica de R$ 200 bi em auxilio emergencial

A Caixa Econômica Federal informou nesta sexta-feira, 18, que atingiu a marca histórica de R$ 200 bilhões em pagamentos do auxílio emergencial para 67,2...

Anvisa autoriza que Pfizer dobre número de voluntários em testes para vacina

O laboratório informou que vai expandir o número de participantes do estudo para a vacina, chegando a cerca de 44 mil participantes

Fumaça do Pantanal que chega a SP pode agravar casos de doenças respiratórias

Outra recomendação que Cardenuto indica é a de evitar aglomerações, uma medida que já deveria ser cumprida em função do novo coronavírus

Edital convoca peritos médicos para trabalho presencial em agências do INSS

Nesta quinta-feira, 17, o diretor-presidente da ANMP, Luiz Argolo, informou que os peritos não haviam sido convidados para as inspeções nas agências para verificar as medidas de segurança contra a covid-19

ES Brasil Digital

Continua após publicidade

Fique por dentro

Valor Bruto da Produção Agropecuária deve ser recorde de R$ 823 bi, diz CNA

Outros fatores que podem influenciar o indicador do setor são o aumento de 4,3% na produção, a alta de 18,7% nos preços

OCDE melhora perspectiva para economia mundial e para o Brasil em 2020

A economia global parece estar se recuperando do baque provocado pelo novo coronavírus mais rápido do que se imaginava há apenas alguns meses graças...

Guedes diz que ‘cartão vermelho’ de Bolsonaro não foi direcionado a ele

O ministro lembrou que, desde início, o presidente disse que não queria consolidar programas sociais para criar o Renda Brasil, e que foi uma decisão política

Ainda acreditamos que é possível acoplar IVA federal com estadual, diz Guedes

O ministro ainda disse que é natural que os Estados façam esse movimento, com o maior peso de serviços na economia, mas "não podem espremer os municípios."

Vida Capixaba

Circuito Cultural homenageia as crianças em outubro

A 12ª edição do evento, que acontece em formato virtual, já atingiu público de mais de 8 mil pessoas Outubro é o mês das crianças...

Qualificar ES abre mais 36 mil vagas em cursos on-line gratuitos no Estado

As vagas serão divididas em dois editais de seleção, ou seja, em duas etapas de inscrição e serão disponibilizadas pela Secretaria da Ciência, Tecnologia,...

Detran|ES e Hemoes realizam ação para estimular doação de sangue

O Departamento Estadual de Trânsito do Espírito Santo (Detran|ES) e o Centro Estadual de Hemoterapia e Hematologia Marcos Daniel Santos (Hemoes) realizaram, nesta quinta-feira...

Alerta de chuva forte e volumosa para o Sudeste

A passagem de uma frente fria irá promover a atuação de instabilidades e ocorrência de chuva sobre áreas do estado de São Paulo, Rio...
Continua após publicidade