23.9 C
Vitória
quarta-feira, 19 junho, 2024

Colheita de soja 2023/24 atinge 86,8% no país, diz Conab

A companhia também informou que a colheita da safra de feijão alcançou 76,7% da área semeada

A colheita da safra brasileira de soja 2023/24 atingia, até o dia 21 de abril, 86,8% da área plantada no País, informou a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), em levantamento semanal de progresso de safra. Há atraso de 2,2 pontos porcentuais em relação a igual período do ano passado e avanço de 3,6 pontos porcentuais em uma semana.

Entre os Estados que estão retirando a oleaginosa do campo, apenas São Paulo concluiu os trabalhos. Em seguida, vem Mato Grosso, com 99,5% dos trabalhos concluídos, seguido por Mato Grosso do Sul, com 99% da área ceifada. O Rio Grande do Sul, o último a iniciar a colheita, conta com 47% da área colhida, avanço de 9 pontos porcentuais em relação à semana anterior.

- Continua após a publicidade -

A colheita da primeira safra de milho alcançou, no País, 56,7% da área plantada, avanço de 3,8 pontos porcentuais na semana e atraso de 2,9 pontos porcentuais entre as temporadas. São Paulo já concluiu a colheita. O Paraná, em seguida, conta com 96% da área colhida, seguido por Santa Catarina, com 90%, e Rio Grande do Sul, com 82%. A Bahia colheu 32,8% da área de milho verão e Goiás conta com 6% da área trabalhada.

A Conab informou, ainda, que o plantio da segunda safra 2023/24 de milho foi concluído no País, avanço de 0,1 ponto porcentual na semana e igual status ante igual período da temporada anterior.

Informou também que a colheita da safra de feijão alcançou 76,7% da área semeada, 4,5 pontos porcentuais mais que há uma semana e 10,2 pontos porcentuais atrás de igual período da temporada passada. Goiás, São Paulo, Minas Gerais e Paraná já concluíram a retirada do grão, enquanto Santa Catarina está à frente nos trabalhos de campo, com 99,4% da área colhida, seguido por Rio Grande do Sul, com 94%.

A colheita das lavouras de arroz alcançava 70,6% da área prevista, avanço de 17,7 pontos porcentuais em uma semana e atraso de 9,6 pontos porcentuais na comparação entre as safras. Santa Catarina (90%), Goiás (80%) e Rio Grande do Sul (74%) são os Estados mais avançados na retirada do cereal do campo. Com informações de Agência Estado

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

Matérias relacionadas

Continua após a publicidade

EDIÇÃO DIGITAL

Edição 221

RÁDIO ES BRASIL

Continua após publicidade

Vida Capixaba

- Continua após a publicidade -

Política e ECONOMIA