Informações sobre biodiversidade brasileira estão mais acessíveis

Informações sobre a biodiversidade brasileira estão mais acessíveis após o lançamento do Atlas do SiBBr
A base de dados existente desde 2014 passou por uma customização (Foto - Ibama)

Ainda em fase inicial, o banco de dados sobre o biodiversidade brasileira vai sendo alimentados a medida que instituições foram se agregando ao projeto

O Brasil é reconhecido como um dos países mais biodiversos do mundo, mas parte importante dessa riqueza em fauna e em flora ainda é desconhecida. Para contribuir na organização do conhecimento sobre os ecossistemas do país, foi lançado o Atlas do Sistema de Informação sobre a Biodiversidade Brasileira (SiBBr) nesta terça-feira (27), em Brasília.

A iniciativa é encabeçada pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, da ONU Meio Ambiente e a da Rede Nacional de Pesquisa.

O SiBBr, como é chamado, é o banco de dados de referência do governo brasileiro sobre a biodiversidade nacional e atualmente apresenta informações de 160 mil espécies. O número total de registros de ocorrência está em torno de 15 milhões.

A iniciativa faz parte também da Plataforma Global de Informação sobre Biodiversidade
O Brasil também faz parte da maior iniciativa multilateral de acesso virtual às informações biológicas de aproximadamente 60 países (Foto – Ideflor/Ascom)

Além de todos estes dados, que poderão ser acessados de forma livre pela sociedade, a plataforma também disponibiliza informações sobre biomas, áreas protegidas no Brasil, coleções brasileiras, espécies ameaçadas, espécies nativas utilizadas na medicina ou na culinária e seu valor nutricional.

A base de dados do SiBBr existe desde 2014 e passou por uma customização. A nova plataforma, baseada na infraestrutura da Plataforma ALA – Atlas o Living Australia, é mais funcional, facilita a indexação, integração e visualização dos dados e informações sobre a biodiversidade e favorece o compartilhamento de informações entre o Brasil e outros países.

Conexão global

Com o SiBBr, o país integra o maior esforço global para conhecer melhor a biodiversidade do planeta e disponibilizar gratuitamente as informações existentes. O Sistema também atua como o “nó brasileiro” da Plataforma Global de Informação sobre Biodiversidade (GBIF). Essa é a maior iniciativa multilateral de acesso virtual às informações biológicas de aproximadamente 60 países. Desta forma, informações publicadas no país podem ser disponibilizadas para esta rede internacional, e vice-versa.


LEIA TAMBÉM
Conteúdo Publicitário