21 C
Vitória
sábado, 11 julho, 2020

Saúde é a área que mais cresce em interesse de estudantes

Leia Também

Milton Ribeiro é confirmado como ministro da Educação

Em sua rede, Bolsonaro apontou que "Doutor em Educação pela USP, mestre em Direito pela Universidade Presbiteriana Mackenzie e graduado em Direito e Teologia".

Bike Vitória retorna às atividades na próxima segunda (13)

As bikes poderão ser utilizadas de segunda a sexta-feira, das 7 às 19 horas e, aos sábados, das 7 às 13 horas.

Governo do Estado autoriza obra de escola indígena em Aracruz

A Escola Estadual Indígena de Ensino Médio (EEIM), localizada na Aldeia de Caieiras Velha, possui 882,68 metros quadrados e o investimento será de R$ 496.734,33.

Bolsonaro sanciona lei que suspende pagamento de parcelas do Fies

Os saldos das obrigações suspensas devem ser pagos de forma diluída. Saiba mais! O presidente Jair Bolsonaro sancionou a lei que suspende o pagamento de...

Quantidade de novos alunos nas carreiras de saúde mais que dobrou desde 2010, aponta levantamento

Acessar o sistema de saúde ainda é um problema para grande parte da população, mas não por falta de interesse de futuros profissionais em atuar na área. A quantidade de novos alunos que ingressaram nos primeiros anos de cursos como Medicina, Enfermagem, Fisioterapia, entre outras carreiras da Saúde, cresceu bem acima da média ao longo dos últimos anos.

O total de ingressantes em cursos de Saúde avançou 104,45%, contra 48,20% no ensino superior em geral. O levantamento feito a partir do Censo da Educação Superior pela plataforma digital que oferece vagas e bolsas de estudo em faculdades de todo o país Quero Bolsa analisou a evolução de alunos que entram na faculdade em vagas novas entre 2010 e 2017.

Nutrição foi um dos cursos que teve bastante alteração de interesse entre um censo e outro
Entre as carreiras que mais cresceram em número de matrículas está a de Nutricionista (Foto – Shutterstock)

Foram analisadas as 23 áreas do conhecimento definidas segundo critérios da Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE). Destas, quatro apresentaram mais de 200 mil novos ingressantes em 2017, último Censo disponível. São elas: Direito (215 mil), Saúde (398 mil), Formação de Professores e Ciências da Educação (592 mil) e Comércio e Administração (771 mil). Apenas Saúde cresceu acima da média. As demais tiveram variações entre 38% e 50%.

No ranking geral, levando-se em consideração todas as áreas do conhecimento, apenas Veterinária (127,60%) e Serviços de Segurança (116,39%) cresceram a taxas superiores, porém a base de alunos é bem menor, com 25 mil e 13 mil ingressantes, respectivamente.

Das 10 carreiras de saúde com mais de mil ingressantes em 2017, oito cresceram acima da média. O maior avanço foi registrado no curso de Educação Física, com alta de 311%. Nutrição ficou em segundo lugar com 150% de ingressantes a mais do que no início da década. Odontologia apareceu em terceiro, com 108%.

Porcentagem de crescimento de interesse entre os dois últimos censos da Educação Superior
(Fonte – Inep)

Medicina cujo a regulação não permite a expansão de vagas no mesmo ritmo do crescimento da demanda, avançou 78%. Já Enfermagem, curso de saúde com o maior número de novos ingressantes (102 mil), teve crescimento de 69%.

“A explicação para tal avanço tem a ver com o mercado de trabalho. Profissionais de saúde tem alta empregabilidade e sofrem menos em momentos de crise econômica e altas taxas de desemprego, como agora. Enfermagem, por exemplo, foi uma das carreiras que mais gerou postos de trabalho em 2018, de acordo com os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged)”, explica Lucas Gomes, diretor de Ensino Superior da plataforma.

“Além disso, carreiras como Medicina e Odontologia são reconhecidas como bem remuneradas, o que faz com que, praticamente, não haja vagas ociosas. Já no caso de Educação Física, Fisioterapia e Nutrição, o crescimento está relacionado, principalmente, ao interesse da população por beleza e bem-estar, o que eleva as oportunidades de trabalho nestas áreas”, completa.


LEIA TAMBÉM
Continua após a publicidade

ES Brasil Digital

Continua após publicidade

Fique por dentro

CNI: confiança dos empresários da indústria melhora pelo 3ª mês seguido em julho

As expectativas com relação aos próximos seis meses já são otimistas", destacou a CNI, no documento. Confira! Por Eduardo Rodrigues (AE) Após bater no fundo do...

ArcelorMittal Tubarão religará o segundo alto-forno neste mês

O equipamento, com capacidade para produção de 1,2 milhão de toneladas de ferro gusa/ano, estava paralisado desde o ano passado, quando passou por uma ampla reforma de manutenção.

Saques do auxílio emergencial e do FGTS antecipados. Como fazer?

Muitos brasileiros estão recebendo os valores por meio do aplicativo Caixa Tem. Para isso, algumas fintechs permitem que a transferência seja realizada antecipadamente.

CNI: acordo traz segurança a comércio exterior de produtos brasileiros

CNI comemorou ratificação do Protocolo de Nagoia. Saiba mais! A Confederação Nacional da Indústria (CNI) comemorou a ratificação do Protocolo de Nagoia, aprovada nesta quarta-feira...

Vida Capixaba

Famílias têm papel fundamental na relação da criança com mundo digital

Rotinas offline ajudam a criança a desenvolver autorregulação. Saiba mais! Durante a pandemia de covid-19, os dispositivos eletrônicos com acesso à internet se tornaram...

Vacinas contra gripe para público em geral

Desde o dia 30 de junho, não há mais grupo prioritário. Com isso, todas as pessoas podem receber a dose.

Shopping Vitória realiza liquidação virtual nesta semana

A RED TAG (etiqueta vermelha), uma liquidação virtual dentro da Vitrine SV, entre os dias 8 e 10 de julho.

Webinar aborda a construção em aço na era da Indústria 4.0

A webinar “Construção em aço na era da Indústria 4.0”, que será realizada nesta quinta-feira (09), a partir das 17 horas.
Continua após publicidade