Rosa Weber é a nova presidente do TSE

Foto: Reprodução

A ministra do STF tomou posse nessa terça-feira (14), com a missão de já comandar as eleições

A ministra do Supremo Tribunal Federal (STF), Rosa Weber, tomou posse nessa terça-feira (14) como presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). A cerimônia também marcou a posse do novo corregedor da Justiça Eleitoral, ministro Jorge Mussi, ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ).

De acordo com a Agência Brasil, esta é a segunda vez que uma mulher assume o comando do TSE em 70 anos de existência. A primeira foi a atual presidente do TSE, Cármem Lúcia, que esteve à frente do tribunal em 2012.

Rosa já fazia parte do TSE, no cargo de vice-presidente, e sucedeu a Luiz Fux. O mandato dela estará em vigor até 2020.

Como primeiro desafio, a ministra deverá organizar as eleições de outubro, que será realizada no dia 7 de outubro. “O resultado das eleições será determinado pela soberania popular, que tem como pilar sufrágio universal por meio secreto e direto, com igual valor para todos. Cabe à Justiça eleitoral assegurar a normalidade e a legitimidade das eleições”, afirmou.

Rosa Weber

A ministra de 69 anos é gaúcha e entrou na magistratura como juíza do trabalho. Foi desembargadora do Tribunal Regional do Trabalho (TRT) na 4ª Região. Em 2015, assumiu como ministra do Tribunal Superior do Trabalho. Em 2011, foi indicada pela ex-presidente Dilma Rousseff para o cargo de ministra do STF.

Conteúdo Publicitário

Aproveite as promoções especiais na Loja da ES Brasil!