25.4 C
Vitória
sexta-feira, 5 junho, 2020

Tecnologia de redução de poeira passa a funcionar na Vale

Leia Também

Prefeitura da Serra reduz burocracia para mais dez negócios

Na instrução normativa publicada na última segunda-feira (1°) foram incluídas mais 10 atividades na lista que já continha 150.

Petrobras eleva preço do gás de cozinha nas refinarias

O aumento também está relacionando ao consumo do gás de cozinha durante a pandemia, já que o isolamento social tem levado às famílias a cozinharem mais em casa.

Dia Mundial do Meio Ambiente estimula ações de preservação do planeta

Para comemorar a data, instituições privadas, ONG's, prefeituras, e outras, se unem para fazer ações de conscientização em tempo de pandemia.

Prefeitura de Vila Velha e BNDES firmam parceria para modernizar parque de iluminação da cidade

Inicialmente, o sistema substituirá as 35 mil luminárias em toda a cidade, com lâmpadas com tecnologia de LED, além de telegestão, instalação de tecnologia de monitoramento remoto das luminárias.

Tecnologia inédita no Brasil faz parte do plano ambiental da empresa e começa a operar no pátio de pelotas das Usinas de 1 a 4 na Unidade Tubarão

A Vale deu início à operação dos canhões de névoa anunciados em seu plano de investimentos ambientais. Os equipamentos, inéditos no Brasil, estão instalados no pátio de pelotas das Usinas 1 a 4 na Unidade Tubarão, em Vitória, e lançam microbolhas de água sobre as pilhas, formando uma espécie de neblina. As microbolhas se juntam às partículas em suspensão, retirando-as do ar, aumentando a eficiência do sistema de controle ambiental já existente, composto por wind fence (barreira de vento) e supressor de pó.

Com acionamento automático, os três canhões de névoa instalados estão previstos no Plano Diretor Ambiental da Vale e fazem parte também do Termo de Compromisso Ambiental assinado pela empresa, com ações previstas até 2023. Entre os destaques das ações de controle da poeira estão a aplicação de produto à base de celulose nas pilhas de minério – em uso desde o ano passado; a implantação de quatro novas wind fences; e a adequação de 40 km de correias transportadoras. Este ano, serão concluídos o fechamento inferior do píer de carvão e o enclausuramento da baia de insumos da Usina 8.

Essas e outras intervenções totalizam um investimento de R$ 1,27 bilhão e atendem às recomendações do Plano de Metas da Companhia Ambiental de São Paulo (Cetesb), do Instituto Estadual de Meio Ambiente (Iema) e dos Ministérios Públicos Estadual e Federal, focadas em tratar as fontes de emissões difusas provenientes da movimentação de produtos em pátios, correias transportadoras, píeres e usinas. Também estão previstos estudos de novas tecnologias para as chaminés, além de ações relacionadas ao tratamento de efluentes.

O canhão de névoa é semelhante a uma turbina de avião (Fotografia – Divulgação)

Redução de partículas suspensas

O Plano Diretor Ambiental representa um avanço nos investimentos e resultados para redução de poeira alcançados pela Vale nos últimos anos. Com os investimentos feitos entre 2007 e 2017 – que somam cerca de R$ 1 bilhão – os equipamentos de controle ambiental da Unidade Tubarão já se encontram entre as chamadas Melhores Tecnologias Práticas Disponíveis (MTPD), de acordo com o relatório elaborado pela Cetesb, pelo Iema e pelos ministérios públicos, o que reafirma a eficiência dos controles ambientais instalados nos últimos anos.

Conheça a tecnologia
  • São 3 canhões parecidos com turbinas de avião, cada um pensando 6,5 toneladas e com 7 metros de comprimento;
  • A instalação durou 11meses e incluiu a construção de três torres metálica de 9 metros de altura;
  • Cada canhão projeta névoa em um raio de até 150 metros;
  • Os canhões são acionados automaticamente a partir de uma estação meteorológica que mede as condições climáticas e a concentração de partículas no pátio;
  • Basta identificar uma das variáveis para que o canhão seja acionado (veja quais são abaixo);
  • Os canhões são ligados em até 30 segundos após a identificação de qualquer uma dessas variáveis.

Visão aérea do canhão de névoa em funcionamento (Fotografia – Divulgação)

Variáveis analisadas para o acionamento automático dos canhões

  • Velocidade do vendo – maior que 5 km/h (1,2 m/s);
  • Direção do vento – quandrate nordeste (0° a 90°);
  • Volume de chuva acumulado – inferior a 1mm em 7 dias;
  • Concentração de particulado (PM10) – maior do que 50 microgramas/m³
  • Radiação solar – maior do que 250 watts/m² por mais de 15 minutos

LEIA TAMBÉM
Continua após a publicidade

ES Brasil Digital

esbrasil_177
Continua após publicidade

Fique por dentro

Inflação para famílias de baixa renda cai 0,30% em maio, diz FGV

Com o resultado, o índice acumulou alta de 0,81% no ano de 2020. Em 12 meses, o indicador acumulou avanço de 2,59% Por Daniela Amorim (AE)...

Dia Mundial do Meio Ambiente estimula ações de preservação do planeta

Para comemorar a data, instituições privadas, ONG's, prefeituras, e outras, se unem para fazer ações de conscientização em tempo de pandemia.

Produtos com até 50% no Dia Livre de Impostos

E por conta da pandemia do novo coronavírus, os estabelecimentos inovaram. Neste ano, o Dia Livre de Impostos será on-line.

Projeção de alta do crédito bancário em 2020 passa de 4,8% para 7,6%, diz BC

Já a projeção de crescimento do crédito livre em 2020 passou de 8,2% para 10,6%. No caso dos recursos direcionados, a projeção foi de zero para alta de 3,5%.

Vida Capixaba

Tendência nos anos 1960, cinema drive-in chegará a Vitória

O cinema drive-in chegará a Vitória na segunda quinzena de junho, no estacionamento da Faculdade Estacio de Sá, em Jardim Camburi.

Vitória organiza Circuito Cultural com exposição on-line

Os alunos do Núcleo de Fotografia do Circuito Cultural, equipamento da Secretaria Municipal de Cultura de Vitória (Semc) fizeram trabalhos que estão sendo disponibilizados por meio de uma exposição on-line. 

Vila Velha instala câmeras de alta definição em ruas

Os equipamentos serão instalados em pontos estratégicos da cidade. A primeira instalação teste com uma das novas câmeras ocorreu na última sexta-feira (29), no Farol de Santa Luzia. 

Viana contará com Guarda Municipal armada

Ao todo, 29 agentes estão sendo treinados para realizar o combate à criminalidade, na segurança do patrimônio público, e a organização do trânsito, conforme explicou o prefeito Gilson Daniel.
Continua após publicidade