23.9 C
Vitória
quarta-feira, 25 maio, 2022

Sesp divulga planejamento das forças de segurança para Operação Verão

esbrasil_sesp_divulga_operacao_verao
A Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (Sesp) divulga o planejamento da Operação Verão 2021/22 no Espírito Santo. Foto: Divulgação/Sesp

Só nas regiões litorâneas, a previsão é de que 4.056 policiais militares atuem na segurança da população

Por Wesley Ribeiro 

Durante o verão 2021/2022 no Espírito Santo, além do reforço de policiais militares e policiais civis na área litorânea, o foco das forças armadas também estará voltado para a região dos balneários de água doce, como lagos, lagoas e cachoeiras. Só nas regiões litorâneas, a previsão é de que 4.056 policiais militares atuem na segurança da população.

E diferentemente dos anos anteriores, o efetivo da Polícia Militar do Espírito Santo (PMES) não será deslocado do interior para o litoral. O reforço de patrulhamento será realizado pelos 252 novos soldados que se formaram recentemente.

O plano inclui ainda o pagamento de Indenização Suplementar de Escala Operacional (Iseo) aos militares que se voluntariarem para trabalhar em horário de folga. O planejamento da Operação Verão 2021/2022 foi divulgado pela Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (Sesp) na manhã da última quarta-feira, 15 de dezembro.

Segundo o secretário estadual, coronel Alexandre Ramalho, todo o planejamento está pronto para atender às demandas dos turistas e capixabas que neste período se deslocam para as praias, além de rios, cachoeiras e lagoas dos municípios do interior.

Sendo assim, a previsão é de que 4.056 policiais militares atuem nas regiões litorâneas, durante os 70 dias de Operação Verão, sendo cerca de 1.100 por dia.

As unidades especializadas, como o Batalhão de Missões Especiais (BME), o Batalhão de Ações com Cães (Bac), a Cavalaria, o Batalhão de Trânsito, entre outras, ainda vão reforçar o contingente da Região Metropolitana da Grande Vitória, com foco especial para Guarapari, que tem previsão de receber mais de um milhão de turistas.

“Serão 70 dias de operação, com um efetivo de 1.200 militares por dia, em 18 municípios. Na Grande Vitória e Guarapari, vamos utilizar as Unidades Especializadas, onde o fluxo de pessoas e turistas é maior. No interior, alocaremos efetivo, principalmente onde há cachoeiras, lagoas e rios”, informou o comandante-geral da PMES, coronel Douglas Caus.

Polícia Civil

esbrasil_novas_viaturas_policia_civil-1024x641
Polícia Civil recebe reforço de novas viaturas descaracterizadas. Foto: Divulgação/Sesp

Segundo a Sesp, a Polícia Civil do Espírito Santo (PCES) vai ampliar os locais de atendimento ao cidadão em balneários movimentados do Espírito Santo. As delegacias de Conceição da Barra, Piúma e Praia Grande vão atuar em turno de 24h durante o Réveillon, finais de semana e Carnaval.

Além disso, um posto de atendimento será implantado na Delegacia de Jacaraípe, no mesmo período. Outro fator importante é o reforço nos plantões de Perícia e Departamento Médico Legal (DML), para garantir maior agilidade no atendimento.

O superintendente de Inteligência e Ações Estratégicas (SIAE) da PCES, delegado João Calmon, comentou sobre o efetivo do Plano Verão.

“São 2.344 servidores, já considerando o reforço dos cerca de 380 novos policiais do último concurso público. Além disso, contará também com 1.592 Escalas de Iseos, ao mês, para as equipes policiais desenvolverem em Escalas Operacionais (Iseo) durante todo o período. Com isso, haverá reforço nas atividades das unidades de plantão na região litorânea, nos festejos de fim de ano e ao longo da estação, e ainda nas operações especializadas”, concluiu.

 

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Continua após publicidade

Fique por dentro

Vida Capixaba

Continua após publicidade