21 C
Vitória
sexta-feira, 12 agosto, 2022

Isolamento social ou quarentena. Você sabe a diferença?

isolamento
Foto: Martin-dm/istock

Apesar dos dois termos confundirem, eles apresentam diferença. Saiba aqui como proceder para evitar o contágio do novo coronavírus!

Nas últimas semanas, a sociedade tem se precavido e tomado atitudes para evitar a transmissão do novo coronavírus (Sars-Cov-2). Inclusive, autoridades como a Organização Mundial de Saúde (OMS) e o Ministério da Saúde indicaram o recolhimento da população em suas residências.

Entretanto, o termos “isolamento social” e “quarentena” estão gerando confusão nas cabeças das pessoas. De acordo com a infectologista e professora da Universidade de Vila Velha (UVV), Jaqueline Rueda, o isolamento é um termo utilizado para indicar um conjunto de ações que visam minimizar a transmissão para o outro.

“Nesse momento, para pacientes com sintomas leves e sem complicações essas medidas são recomendadas que sejam feitas no domicílio. Para os pacientes com doença de gravidade moderada a grave o isolamento é sob regime de internação”, disse Jaqueline.

Mas o isolamento pode ser feito também por pessoas que não estão infectadas, de modo que não haja a transmissão e proliferação do vírus, principalmente nos grupos de risco, como idosos, grávidas, pessoas com doenças crônicas, entre outras.

Já a quarentena é uma medida administrativa aplicada por uma autoridade sanitária ou pública, segundo explica o médico pediatra Jovarci Motta. Segundo ele, é uma medida imposta a um indivíduo ou população potencialmente exposta a um microorganismo.

“Longe do que o termo sugere, a quarentena não necessariamente implica em 40 dias, mas um período de tempo variável correspondente ao período de incubação do agente infeccioso. Pode ser no período de 14, 20 ou mais dias, se necessário”, explica o médico.

Motta afirma que na quarentena também é necessário ter uma estrutura que permita acomodar o paciente, Uma outra série de medidas são importantes, como identificar na porta do quarto que o paciente está em isolamento, que as pessoas precisam usar equipamento de segurança, como máscaras faciais, luvas, entre outras coisas.

Lei

Uma lei nacional foi sancionada no mês passado especificamente para tratar de “medidas para enfrentamento da emergência de saúde pública de importância internacional decorrente do coronavírus responsável pelo surto de 2019”. A Lei 13.979/2020, que trata da doença, explica bem o termo. Veja abaixo:

“Dentre as medidas estão nos incisos I e II deste artigo, o “isolamento” e a “quarentena”, sendo que o artigo 2º ainda desta lei classifica como isolamento “a separação de pessoas doentes e contaminadas” e a quarentena “a restrição de atividades ou separação de pessoas suspeitas de contaminação”

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

Entre para nosso grupo do Telegram

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Continua após publicidade

Fique por dentro

Vida Capixaba

Continua após publicidade