21.9 C
Vitória
quarta-feira, 19 junho, 2024

Nésio tem exoneração confirmada; Qual o destino?

Com exoneração publicada nesta sexta, destino do ex-secretário de Saúde do Espírito Santo é incerto; Poderia Nésio retornar a Sesa?

Por Robson Maia

O Diário Oficial da União (DOU) confirmou nesta sexta-feira (23) a exoneração do ex-secretário de Saúde do Espírito Santo, Nésio Fernandes, do cargo de secretário de Atenção Primária à Saúde do Ministério da Saúde. Após declaração do governador Renato Casagrande (PSB) sobre a possibilidade de uma continuidade no Governo Federal, o médico deixou o cargo.

- Continua após a publicidade -

As informações sobre a exoneração de Nésio foram divulgadas ainda no início desta semana pelo Estadão. O agora ex-secretário é vinculado ao PCdoB e ocupava uma função almejada por setores políticos que compõem a base governista em Brasília. Contudo, a informação foi negada posteriormente pelo Governo Federal.

“O ajuste na equipe da pasta é um processo natural ao longo da gestão e não foi baseado em nenhum tipo de pressão interna ou externa”, declarou o Ministério da Saúde em nota.
Enquanto secretário de Saúde no Espírito Santo, Nésio teve atuação marcante durante a gestão da pandemia do coronavírus. O médico ganhou destaque a nível nacional pelo posicionamento adotado, sempre alinhado às recomendações científicas e das principais organizações de saúde mundiais.

A agilidade da pasta na realização de testes em massa e na aquisição e repasse de vacinas foram pontos que fizeram com que o gestor ganhasse uma maior notoriedade, se credenciando, posteriormente, para o cargo até então ocupado na gestão do atual presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

Com a saída de Nésio, a pasta passa a ser chefiada pelo médico Felipe Proenço, que já integrava a equipe da secretaria e é um dos precursores do Programa Mais Médicos, segundo informações do Ministério da Saúde.

“O ajuste na equipe da pasta é um processo natural ao longo da gestão e não foi baseado em nenhum tipo de pressão interna ou externa”, disse o ministério em nota divulgada na última quinta-feira (22).

Retorno ao Espírito Santo?

Diante da saída de Nésio do cargo em Brasília, as especulações para um possível retorno do médico ao Espírito Santo tiveram início. O governador do Estado, Renato Casagrande (PSB), que estava na capital federal quando as primeiras informações surgiram, afirmou que, mesmo com a saída da APS, o ex-secretário de Saúde do ES seguirá no Executivo nacional.

“Nésio permanecerá em alguma função no Governo Federal”, declarou Casagrande.

Conforme apurado pela ES Brasil, o retorno de Nésio a alguma pasta do Governo do Estado está descartada. Apesar do bom trabalho desenvolvido à frente da Sesa na gestão passada, não existe, no momento, intenções de troca na chefia da Saúde no Espírito Santo, atualmente ocupada por Miguel Paulo.

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

Matérias relacionadas

Continua após a publicidade

EDIÇÃO DIGITAL

Edição 221

RÁDIO ES BRASIL

Continua após publicidade

Vida Capixaba

- Continua após a publicidade -

Política e ECONOMIA