20.9 C
Vitória
quarta-feira, 19 junho, 2024

Heloísa Cariello é escolhida como nova desembargadora do TJES

Heloísa Cariello será a primeira mulher da história a ocupar o cargo de forma efetiva

Por Robson Maia

O Tribunal de Justiça do Estado (TJES) elegeu, na tarde desta quinta-feira (9), a juíza Heloísa Cariello para a vaga de desembargadora. Ela ocupará a função deixada por Jaime Ferreira Abreu, que se aponsentou em fevereiro deste ano.

- Continua após a publicidade -

Carriello obteve 21 votos e encabeçou a lista tríplice, completada pelas juízas Isabella Rossi Naumann (15 votos) e Vania Massad Campos (12 votos). Logo após a votação, a nova desembargadora tomou posse administrativa.

Essa é a primeira vez que uma mulher ocupará o cargo de desembargadora de forma permanente no Espírito Santo. Juristas e especialistas na luta pela igualdade de gênero entendem que a escolha de Carriello abre margem para discussões sobre a relação de poder e gênero na sociedade.

Uma resolução aprovada pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) prevê o equilíbrio de gênero no preenchimento das vagas de tribunais de segundo grau, como o TJES. Contudo, atualmente as mulheres que ocupam cadeiras efetivas do órgão equivalem a apenas aproximadamente 21% (6 mulheres das 29 cadeiras).

Juíza desde 1994, Heloísa Cariello atuou nas comarcas de Santa Leopoldina, Afonso Cláudio, Guarapari, Serra, Domingos Martins, Marechal Floriano e Vila Velha. A função de desembargadora não será exatamente uma novidade para a magistrada. Por inúmeras vezes, foi substituta na função.

Entre 2019 a 2023, Cariello foi titular efetiva do Tribunal Regional Eleitoral do Espírito Santo (TRE-ES), representando a classe dos juízes de Direito.

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

Matérias relacionadas

Continua após a publicidade

EDIÇÃO DIGITAL

Edição 221

RÁDIO ES BRASIL

Continua após publicidade

Vida Capixaba

- Continua após a publicidade -

Política e ECONOMIA