24.4 C
Vitória
quinta-feira, 18 abril, 2024

Homicídios reduzem em quase em 20% no primeiro trimestre de 2024

Também houve queda no número total de assassinatos de mulheres em comparação ao ano anterior

Por Kebim Tamanini

O Espírito Santo registrou queda no total de assassinatos no primeiro trimestre de 2024. O Estado contabilizou 227 homicídios, contra 281 no mesmo período do ano passado, marcando o menor número registrado desde 1996. A redução acumulada em comparação com 2023 chega a 19,2%.

- Continua após a publicidade -

Todas as regiões do Espírito Santo apresentaram redução de assassinatos. As quedas foram de 16,8% na Região Metropolitana, 15,5% no Norte, 10,3% no Sul, 36,7% no Noroeste e 14,3% na Região Serrana.

“Nosso trabalho para diminuir o número de crimes contra a vida é contínuo. E temos conseguido, mês após mês, ano após ano, conquistar uma redução nos homicídios”, enfatizou o governador Renato Casagrande, elogiando a atuação das forças policiais.

Casagrande destacou ainda o caso emblemático da apreensão em março do Marujo, criminoso mais procurado pelas forças policiais. “Veja como foi importante a prisão do Marujo, retirando do convívio da sociedade uma pessoa tão perigosa. E alcançar conquistas como essas passa por ter um Governo organizado, profissionais valorizados, bem estruturados, com equipamentos de referência no País e motivados a alcançar resultados cada vez melhores”, relembrou.

E as mulheres?

A segurança pública das mulheres continuou a apresentar um cenário positivo. Os dados da Sesp apontam que o primeiro trimestre registrou uma redução significativa no número de homicídios do gênero feminino em comparação com o mesmo período de 2023. Foram contabilizados 21 assassinatos em 2024, contra 25 no ano passado, representando uma queda de 16%.

Espaços funcionarão 24 horas por dia e iniciarão a operação na Grande Vitória, e futuramente em todo o Estado
Garante acolhimento e proteção 24 horas por dia as mulheres nos atendimentos emergenciais de ocorrências relacionadas de violência doméstica e familiar. Foto; Secom ES

A queda nos homicídios de mulheres e feminicídios foi comemorada pelo secretário de Estado da Segurança Pública e Defesa Social, Eugênio Ricas, que também lembrou do lançamento das Salas Marias no fim de março, que funcionarão 24 horas por dia na Grande Vitória. “Agora, a mulher poderá ser atendida em seu próprio município e sem nenhum tipo de contato com o agressor”, pontuou.

Sobre esses espaços de atendimento às mulheres, serão instaladas nas Delegacias de Plantão em todo o estado, garantindo que todas as mulheres em situação de violência doméstica e familiar recebam atendimento qualificado, com a padronização necessária para a adoção das medidas apropriadas.

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

Matérias relacionadas

Continua após a publicidade

EDIÇÃO DIGITAL

Edição 220

RÁDIO ES BRASIL

Continua após publicidade

Vida Capixaba

- Continua após a publicidade -

Política e ECONOMIA