27 C
Vitória
quinta-feira, 29 outubro, 2020

Findeslab e Sesi aprovam três projetos de inovação para a indústria

Leia Também

Sebrae trabalha para ampliar a participação dos pequenos negócios nas exportações brasileiras

O presidente do Sebrae, Carlos Melles, participou de um painel do Nordeste Export – Fórum Regional de Logística e Infraestrutura Portuária

Emprego na construção é o maior para setembro nos últimos oito anos

A indústria da construção civil segue em ritmo acelerado, com avanço na atividade e na utilização da capacidade operacional. Com informações da Agência Brasil  A pesquisa...

Vacinação contra a Poliomielite e Sarampo é prorrogada até final de novembro

As Campanhas de Vacinação contra a Poliomielite, e sarampo foram prorrogadas em todo o país até o dia 27 de novembro

Os projetos foram aprovados nas categorias “Inovação em Segurança e Saúde no Trabalho (SST) e Promoção da Saúde (PS)” e “Inovação Setorial”. Ao todo, são mais de R$ 2 milhões em recursos para o desenvolvimento das soluções propostas

O Findeslab, em parceria com o Sesi ES, aprovou três projetos no segundo ciclo do “Edital de Inovação para a Indústria” em duas categorias. São mais de R$ 2 milhões em recursos para o desenvolvimento das soluções propostas.

“Muito mais do que o acesso da indústria à inovação e a porta aberta para quem quer inovar, o Findeslab vem buscando formatos e iniciativas diferentes para viabilizar a inovação e fazer com que oportunidades de novos projetos e novas soluções fiquem cada vez mais próximos das indústrias. Percebemos que, muitas vezes, eles não vão para frente porque a indústria não sabe o caminho. Então, temos uma atuação forte para buscar novos caminhos”, afirmou a gerente de Inovação do Senai-ES, Naiara Galliani.

Ao todo, em dois anos, já são 33 projetos e mais de 10 milhões em projetos aprovados. “Os resultados estão sendo muito validados com essas aprovações de projetos e os números que temos. Isso fortalece bastante a indústria capixaba e o trabalho que está sendo realizado”, ressaltou Naiara.

Os projetos “ZEUS” – Integração em 4 abordagens, da Lhoist, e “EPI de Membros Superiores nas Atividades de Corte de Vidros em Ambientes Úmidos”, da Estrela Vidros, foram selecionados na categoria “Inovação em Segurança e Saúde no Trabalho (SST) e Promoção da Saúde (PS)”.

Já o projeto “Equipamento Atenuador de Ruído do Processo de Corte de Blocos” foi desenvolvido por em conjunto por quatro empresas do setor de rochas ornamentais que tinham um desafio em comum, são elas: Magban, Cajugran, Bramagran, Colodetti. Ele foi selecionado na categoria “Inovação Setorial”.

Desenvolvimento

Os projetos foram escritos pela equipe do Findeslab juntamente com a área técnica do Sesi-ES, tendo o apoio das indústrias participantes, que forneceram dados e explicaram os problemas enfrentados em seus setores.

Para desenvolver esse projeto, foi utilizado a metodologia Sesi Golab. Inspirada no Design Sprint, criado pela Google Ventures, trata-se de uma caixa de ferramentas de aceleração de ideias, que estimula a criatividade e envolve diretamente as indústrias. Ele reúne práticas de estratégia de negócios, inovação, ciência do comportamento e design thinking.

“É um método nacional. Com ele, entendemos bem o problema, desenhamos a melhor solução e depois desenhamos o plano do projeto e submetemos ao edital. Isso deu muito certo. É muito difícil aprovar projetos neste ‘Edital de Inovação da Indústria’, porque ele é nacional e muito concorrido. Termos três projetos aprovados valida que o Findeslab está no caminho certo e que consegue trabalhar em conjunto com o Sesi, se apropriar de iniciativas do próprio departamento nacional com ferramentas que ajudam a impulsionar esse processo de inovação”, explicou a gerente de Inovação.

Ao todo, a parceria entre o Findeslab e o Sesi-ES desenvolveu e submeteu cinco projetos ao “Edital de Inovação para a Indústria”, dos quais três foram aprovados.

O edital

O “Edital de Inovação para a Indústria” financia o desenvolvimento de produtos, processos ou serviços inovadores, com o objetivo de aumentar a produtividade e a competitividade da indústria brasileira, além de promover a otimização da segurança e saúde na indústria. Podem participar empresas do setor industrial de todos os tamanhos, inclusive startups de base tecnológica. Ao todo, o Edital lançado em 2019, contou com 11 categorias. O Edital vai financiar projetos a partir de R$ 200 mil até R$ 1 milhão, dependendo da categoria. Os recursos são administrados por unidades do Senai ou Sesi, sendo destinados somente para o desenvolvimento dos projetos.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Trinta startups vão para a fase final de edital da Petrobras e Sebrae

Programa procura soluções inovadoras para diversas áreas. Saiba mais! Trinta startups foram selecionadas para a fase final da segunda edição do Programa Petrobras Conexões para Inovação -...

Brasil será o primeiro país a receber sistema de pagamentos pelo WhatsApp

Segundo Mark Zuckerberg, o serviço também estará disponível para pequenas empresas, que poderão fazer vendas diretamente pelo aplicativo.

Empresas deverão investir em tecnologia no pós-pandemia

A tendência, contudo, veio para ficar, e agora que já se provou mais do que necessária, a tecnologia é o grande foco de investimento das empresas, para o momento atual e o futuro.

Pesquisa revela que empresas capixabas de TI apostam na superação da crise causada pela pandemia

O foco foi identificar as principais dificuldades, sugestões e expectativas diante os desafios que a pandemia, provocada pela Covid-19, impôs ao mercado de tecnologia do Espírito Santo.

Plataforma inteligente é lançada no combate ao novo coronavírus no ES

A plataforma, criada pelo tenente-coronel Carlos Wagner, visa a fortalecer a prevenção e segurança contra a Covid-19 no Estado.

Como proteger os dispositivos e garantir uma navegação segura

No dia em que se comemora o Dia da Internet Segura, especialista em tecnologia dá dicas para evitar violações na rede ao utilizar o...

ES Brasil Digital

Capa ES Brasil 181
Continua após publicidade

Fique por dentro

Ajuste fiscal passa por reformas que aumentam produtividade, diz Bruno Funchal

Funchal disse que o teto dos gastos já endereçou o primeiro problema estrutural da questão fiscal brasileira

Pet – Um mercado sem crise

Segmento cresce na mesma proporção que o amor dos tutores por seus "filhos" A gente ama, cuida e não vive sem. Sendo eles pequenos, peludinhos...

Governo revisará projeção de queda do PIB para 2020 em novembro, diz secretário

"Todos os indicadores de atividade mostram um forte recuperação em V da economia", afirmou Waldery

Boletim aponta queda no turismo do Espirito Santo

O secretário de Estado de Turismo, Dorval Uliana, destacou a importância deste acompanhamento sistematizado, que permite o planejamento de ações cada vez mais eficientes

Vida Capixaba

Recept: Turismo receptivo ganha representação

Com o objetivo de ajudar a fortalecer o setor de turismo receptivo brasileiro, que conta com mais de 3 mil agências, foi lançada, nesta terça feira (27) a Recept (Associação Brasileira de Turismo Receptivo).

Qualificar ES abre 26 mil vagas em cursos on-line

O programa Qualificar ES abriu 26 mil vagas em cursos on-line gratuitos. Aqueles que possuem mais de 16 anos e acesso à internet já podem se inscrever.

Visitas ao Parque da Pedra Azul agendadas por e-mail

O parque da Pedra Azul funciona em dois turnos, de 8h às 11h e de 13h às 16h, com limite de 50 visitantes por turno

Espírito Santo ganha novo espaço cultural

Os capixabas vão poder contar com mais um espaço para o crescimento e fomento da cultura no Estado
Continua após publicidade