23.2 C
Vitória
sexta-feira, 22 janeiro, 2021

Festival da Torta Capixaba 2020 em novo formato

Evento será totalmente online e deve acontecer entre os dias 9 e 12 de abril

Diante da orientação das autoridades de saúde de isolamento domiciliar, o Festival da Torta Capixaba, tradicional no Espírito Santo, terá novo formato na edição deste ano. Para evitar aglomeração de pessoas, a Prefeitura de Vitória está viabilizando para que o evento acontece de forma online, entre os dias 9 e 12 de abril, no período da Semana Santa.

A iniciativa é uma parceria da Companhia de Desenvolvimento, Turismo e Inovação de Vitória (CDTIV) com a Associação de Pescadores, Marisqueiros e Desfiadeiras de Siri da Ilha das Caieiras, o Movimento Comunitário de Moradores da Ilha das Caieiras e a startup “Shipp”.

Será disponibilizada uma área especial no app – disponível para IPhone e Android -, com divulgação de todos os pratos dos expositores e restaurantes participantes do festival.

“Ainda estamos formatando o festival para esse ano. Teremos tudo novo e essa maneira (virtual) foi o únicoz jeito que encontramos de valorizar o trabalho dessas pessoas, que já estão a dois meses preparando os ingredientes para montar os pratos”, ressaltou o diretor-presidente da CDTIV, Leonardo Krohling.

O diretor-presidente destacou ainda que pensar em uma nova maneira de realizar o festival, além de valorizar o trabalho das pessoas é garantir o emprego e renda de uma comunidade que gira em torno do evento, que deve movimentar cerca de R$ 5 milhões.

No formato anterior (presencial), era estimada a venda de cerca de 500 quilos de torta, o que renderia R$ 50 mil para os 31 expositores e nove restaurantes da Ilha das Caieiras cadastrados para o evento. “Com o festival online não conseguimos estimar as vendas para 2020”, declarou Krohling.

Passo para o futuro

Para a vice-presidente da Associação de Pescadores, Marisqueiros e Desfiadeiras de Siri da Ilha das Caieiras, Simone Leal, a iniciativa trouxe esperança e alegria para as dezenas de famílias que dependem do evento. Ela destaca ainda que toda matéria-prima para confecção da torta já estava garantida para a data.

“Ficamos muito felizes por poder contar com a parceria da Prefeitura de Vitória, que não mediu esforços para viabilizar a realização do Festival da Torta Capixaba de forma on-line, garantindo, assim, a segurança de todos. Além de ajudar a comunidade, que amargaria grandes prejuízos com o cancelamento do evento, a iniciativa representa um grande passo para o futuro, que é a utilização da tecnologia a favor da comunidade. Estamos muito confiantes e preparados para atender os milhares de capixabas que não abrem mão dos pratos tradicionais da Semana Santa”, comemora.

“A realização do Festival de Torta Capixaba é fundamental, pois, neste período de restrição social, irá movimentar a economia local, mesmo na modalidade delivery. Será algo inovador para todos nós e não tenho dúvidas de que será um sucesso”, disse o presidente do Movimento Comunitário da Ilha das Caieiras, Maycon Guimarães.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Queijos: segunda maior agroindústria capixaba

Queijos com adição de especiarias e ervas finas, com recheio de geleias de frutas, doce de leite e embutidos, ou até defumados, são algumas versões de queijos capixabas que demonstram a potencialidade do setor

Prêmio de fotografia ‘As belezas que Anchieta viu’

O Instituto Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Iema) divulgou, nesta terça-feira (19), o resultado do prêmio de fotografia “As belezas que Anchieta viu”

Novas espécies de insetos são descobertas no Espírito Santo

Oito novas espécies de insetos foram descobertas na região norte do Espírito Santo

Festival verão sem aglomeração

O Festival de Verão sem Aglomeração acontece de 18 a 23 de janeiro

Vai um queijinho aí?

O município de Ibitirama ganhou sua primeira agroindústria, o negócio é uma queijaria e foi o primeiro estabelecimento de 2021

ES Brasil Digital

ESBrasil-184 - Retrospectiva
Continua após publicidade

Fique por dentro

Série histórica mostra ocupação hoteleira durante a pandemia

Já estão disponíveis no Observatório do Turismo os dados relativos à taxa de ocupação hoteleira relativa ao ano de 2020, nos municípios de Vitória, Vila Velha e Serra

Sicoob inicia 2021 com recordes de movimentações financeiras

Instituição tem atuado para facilitar acesso a produtos e serviços financeiros aos seus mais de 5 milhões de cooperados

Concessão da Codesa: o que muda!

A Federação das Indústrias do Espírito Santo promoveu uma audiência para esclarecer o setor produtivo sobre o processo de desestatização da Codesa, a Companhia Docas do ES

Produção agropecuária de 2020 alcança R$ 871 bilhões

as variáveis determinantes para os resultados estão relacionadas aos preços dos produtos no mercado interno

Vida Capixaba

Queijos: segunda maior agroindústria capixaba

Queijos com adição de especiarias e ervas finas, com recheio de geleias de frutas, doce de leite e embutidos, ou até defumados, são algumas versões de queijos capixabas que demonstram a potencialidade do setor

Prêmio de fotografia ‘As belezas que Anchieta viu’

O Instituto Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Iema) divulgou, nesta terça-feira (19), o resultado do prêmio de fotografia “As belezas que Anchieta viu”

Novas espécies de insetos são descobertas no Espírito Santo

Oito novas espécies de insetos foram descobertas na região norte do Espírito Santo
Continua após publicidade