21.9 C
Vitória
sexta-feira, 21 junho, 2024

Espírito Santo registrou 2,9 mil novos postos de trabalho em março

Houve recuo nas admissões (-6,8%) e crescimento das demissões (+3,8%), mesmo assim o saldo na geração de empregos foi positivo

Por Amanda Amaral

Em março, 35.665 pessoas foram demitidas no Espírito Santo e 38.622 foram contratadas. Se comparado ao mês anterior, houve recuo nas admissões (- 6,8%) e crescimento do número de demissões (+3,8%). Ainda assim, a diferença entre contratados e demitidos gerou saldo positivo de 2.957 novos postos de trabalho com carteira assinada naquele mês.

- Continua após a publicidade -

Somente no primeiro trimestre de 2022, já foram criados 13.481 empregos formais no Estado. Os dados são disponibilizados pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED), que destacou que os setores de Serviços (+1.672) e da Indústria (+1.172) foram os que mais contribuíram para a geração de empregos em março.

A análise dos dados do Espírito Santo é realizada pela Assessoria Econômica da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado (Fecomércio-ES). O presidente da instituição, José Lino Sepulcri, avalia que mesmo em menor ritmo quando comparado ao primeiro trimestre do ano passado, é importante a continuidade na geração de empregos no Espírito Santo.

Espírito Santo registrou 2,9 mil novos postos de trabalho em março
José Sepulcri, presidente da Fecomércio-ES, afirma que as eleições e a guerra na Europa freiam as expectativas de crescimento. Foto: Divulgação

“A redução da taxa de crescimento pode ser considerada um ajuste dado o ritmo de retomada dos empregos no início de 2021, após fim de medidas mais restritivas impostas pela Pandemia”, explica. 

Ele complementa: “Em 2022, os fatores que estão conduzindo o cenário econômico passaram da crise sanitária em si para os reflexos dela junto ao conflito militar no exterior e às eleições no Brasil. Essas incertezas acabaram freando as expectativas de crescimento em 2022 e consequentemente deverão calibrar o patamar de contratações”.

Municípios do Espírito Santo

Os resultados por município mostram que Vila Velha (+540) e Vitória (+507) foram os que mais contribuíram com a criação de postos de trabalho formais em março, em termos absolutos. Dos 78 municípios capixabas 51 geraram empregos no mês.

Empregos no Brasil

O Brasil avançou em 136.189 empregos formais no mês de março de 2022. Os setores de Serviços (+111.513) e da Construção Civil (+25.059) foram os que mais influenciaram o resultado positivo. Com isso, o país acumulou nos primeiros três meses de 2022 a geração de 615.173 postos de trabalho com carteira assinada.

Com informações da Fecomércio-ES.

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

Matérias relacionadas

Continua após a publicidade

EDIÇÃO DIGITAL

Edição 221

RÁDIO ES BRASIL

Continua após publicidade

Vida Capixaba

- Continua após a publicidade -

Política e ECONOMIA