19.9 C
Vitória
segunda-feira, 23 maio, 2022

Antiga Mesbla volta ao mercado como e-commerce

A Mesbla fez campanha em estações do MetrôRio para divulgar seu e-commerce. Foto: Divulgação

Após falir nos anos 90, a famosa loja de departamento Mesbla retornou às vendas nesta semana, só que desta vez on-line

Por Amanda Amaral 

Quem frequentava o centro de Vitória por volta nos anos 80 e 90 deve se lembrar da antiga loja de departamentos Mesbla, que ficava localizada na avenida Princesa Isabel e encerrou suas atividades em 1999.

Pois bem, depois de 23 anos, a empresa está de volta ao mercado, porém, on-line. Está no ar um novo markplace no Brasil, o site mesbla.com., dos sócios Marcel Jerônimo e Ricardo Viana, que compraram direito exclusivo ao uso da marca. A campanha de divulgação começou, na segunda-feira (03), e o MetrôRio foi o canal escolhido para receber as peças do lançamento. 

Na plataforma da Mesbla, outras marcas podem expor e vender seus produtos, e não há pretensão no momento de abrir lojas físicas, segundo os sócios, que prometem ainda preços agressivos para competir com concorrentes já estabelecidos como Magazine Luiza, Mercado Livre e Casas Bahia. 

Perfil do Marktplace

Serão ofertados cerca de 250 mil tipos de produtos, divididos em 250 categorias. O investimento total foi de R$ 500 mil para colocar no ar a plataforma de comércio eletrônico, devendo gerar em torno de 2,5 mil empregos diretos e indiretos.

Para Ricardo Viana, sócio da Mesbla, o digital é o modelo de compras do presente. Foto: Divulgação

A empresa pretende atender consumidores de todas as classes.

Para Viana, investir em um marketplace se tornou um caminho natural, pois é um modelo de negócio onde todos os elos da cadeia ganham: o cliente que encontra produtos diferentes em uma única plataforma, os sellers – pessoas que expõem produtos à venda, ganham relevância se unindo com as marcas e o próprio e-commerce, responsável por gerenciar essas conexões.

“O digital é o modelo de compras do presente. Fazendo parte disso, nos preparamos para o futuro e, assim, atingimos o nosso objetivo principal que é estar na vida de todos como um parceiro e amigo, cada vez mais próximos”, comenta Ricardo Viana, sócio da Mesbla.

Crescimento do e-commerce

Com projeções de crescimento para 2022, as compras virtuais, no primeiro semestre de 2021, somaram cerca de 35,2 milhões de reais, de acordo com dados do E-commerce Brasil. A quantia representa 72,2% de todas as compras realizadas neste período.

Somente no ano de 2021, o e-commerce brasileiro cresceu 26,9%, se comparado ao ano de 2020, e teve faturamento próximo a R$ 160 milhões de reais, de acordo com pesquisa da empresa Neotrust, responsável por monitorar 85% do e-commerce do país. Com a pandemia da Covid-19, uma parcela importante dos consumidores migrou para a compra on-line, o que fez esse mercado aquecer consideravelmente.

Com informações da Mesbla. 

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Continua após publicidade

Fique por dentro

Vida Capixaba

Continua após publicidade