20.5 C
Vitória
segunda-feira, 17 maio, 2021

Empreendedores confeccionam máscaras de proteção

Após solicitação do ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, empreendedores confeccionam máscaras de algodão para comercialização

As máscaras de tecido foram indicadas pelo Ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, nesse domingo (05), como uma forma de prevenção comunitária ao novo coronavírus (Sars-Cov-2), já que elas diminuem o risco de transmissão do vírus.

Mas será que tem máscaras especiais para todos os cidadãos? Pensando nisso, empreendedores do município de Vila Velha, especialmente no pólo de moda da Glória, confeccionam máscaras de algodão. Cada máscara custa R$ 10 e o produto já tem pronta entrega.

Na loja Orbita Rock, que já vendia máscaras, bandanas, lenços e balaclava, mas estava com a confecção fechada, adotou a iniciativa. “Intensificamos a produção deste modelo de máscaras, devido à procura com a chegada do Coronavírus em nosso Estado”, ressaltou uma das proprietárias da loja, Ana Karina Gagno Kalil.

máscara
As máscaras são confeccionadas na loja e comercializadas a R$ 10. – Foto: Divulgação

Ela acrescenta que, ao adquirir a máscara, a recomendação, após o uso, é lavar com sabão ou água sanitária, deixando de molho por cerca de 20 minutos. E nunca compartilhar, porque o uso é individual.

As encomendas de grande quantidade tem um valor diferenciado. Os interessados podem entrar em contato pelo Instagram @orbita_rock e pelos telefones: (27) 99273-6942 ou (27) 99273-6942 (WhatsApp).

Máscara para todos

As empresárias Rachel Pires da Nuvem Sublimação e Fernanda Cipriano da Jornada Girassol uniram forças e criaram a campanha “Máscara para todos”. Juntas, elas vão confeccionar 3.500 máscaras de tecido que serão doadas às comunidades carentes da Grande Vitória.

Rachel Pires explica que os tecidos e o TNT usado para a fabricação das máscaras serão doados por sua empresa. A iniciativa também vai gerar renda extra para muitas costureiras que estão sem trabalho e que serão pagas para atuar na confecção do material.

costureira
A confecção das máscaras gera oportunidade às costureiras que estão sem trabalho. – Foto: Reprodução

Além das máscaras para doação, a Nuvem Sublimação está produzindo máscaras de tecido para vender para grandes empresas, como bancos e comércios essenciais que estão preocupados em proteger seus funcionários.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

ES Brasil Digital

Continua após publicidade

Fique por dentro

Vida Capixaba

Continua após publicidade