23.2 C
Vitória
terça-feira, 14 julho, 2020

Estado receberá doação de álcool para combate ao coronavírus

Leia Também

Mais de 65 mil pessoas infectadas pelo novo coronavírus no ES

Chegou a 65.213 o número de casos confirmados do novo coronavírus no Espírito Santo, de acordo com o “Painel Covid”, administrado pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesa).

Vila Velha tem maior verba em educação entre grandes redes de ensino do ES

Das cinco maiores Redes Municipais de Ensino do Espírito Santo, considerando ter mais de 25 mil alunos matriculados, a cidade foi a que apresentou o maior índice de aumento no aporte destinado à área: 13,1% na comparação entre os exercícios de 2018 e 2019. 

MME mantém recomendação para extinguir horário de verão

Medida foi pouco efetiva nos últimos anos, diz nota técnica. Saiba mais! O Ministério de Minas e Energia (MME) manteve a recomendação de não se...

Por conta da falta do álcool em gel em estabelecimentos do Estado, o deputado estadual Evair de Melo solicitou a doação do produto para distribuir à população

Por conta das orientações da Organização Mundial da Saúde (OMS) e o Ministério da Saúde, o álcool em gel 70% se tornou um item indispensável para prevenir o novo coronavírus (Sars-Cov-2). Desta forma, o produto tem faltado nas prateleiras de estabelecimentos em toda a região.

Para evitar a falta do álcool em gel, o deputado Federal Evair de Melo conseguiu a doação de todo o álcool 70% necessário para o Espírito Santo após contato com o presidente da União da Indústria de Cana-de-Açúcar (ÚNICA), Evandro Gussi.

O parlamentar informou ao governador Renato Casagrande, com a intenção do Estado adotar as providências necessárias para receber o material doado, envazar o álcool e distribuir à população.

Eficácia

E qual é a relação do álcool em gel com o novo coronavírus? Segundo o farmacêutico da Pharmapele Vila Velha, Márcio Mello, o álcool em gel ou o líquido, ambos possuem a mesma eficácia de proteção, o que muda é a textura deles e o que é melhor para aplicação em diferentes áreas. “O gel é mais fácil para aplicar no corpo e o líquido é mais indicado para limpeza e higienização dos ambientes e suas superfícies”, diz.

O que se deve ficar atento é a concentração de álcool no produto, pois muita gente saiu comprando álcool sem verificar a descrição na embalagem, e muitos deles não possuem a porcentagem mínima de proteção contra bactérias e vírus. “O que farmácias e supermercados vendem é uma mistura de álcool, água e outras substâncias, já que o álcool puro não pode ser vendido para o consumidor final. Ao comprar o produto, é importante observar a quantidade de álcool na composição. O ideal é que o produto tenha 70% de álcool. Menos que essa porcentagem, a eficácia de proteção contra vírus e bactérias é comprometida. O produto ainda deve ter parte de água, pois é ela quem ajuda o álcool a não evaporar com tanta rapidez e facilita a entrada do álcool nos microorganismos e assim poder agir na destruição desses vírus e bactérias”, explica.

álcool
O álcool em gel 70% pode matar as bactérias e vírus presentes em superfícies. – Foto: Rodrigo Buendia / AFP

Cuidados

O uso do álcool em gel, que tanto ajuda a diminuir a propagação de vírus e bactérias, exige cautela em sua utilização para evitar problemas na pele, segunda a dermatologista Irene Baldi. “Pode prejudicar a pele das mãos, causando ressecamento, eczema e vermelhidão. Para evitar isso, o ideal é lavar as mãos e hidrata-las. Também recomendamos deixar o álcool em gel para quando não é possível utilizar água e sabão ou ainda em situações especiais, como em ambientes hospitalares”, explica a médica.

Para não causar irritações nas mãos, a orientação é utilizar uma pequena quantidade do produto e evitar que o líquido fique acumulado em anéis e pulseiras. Outra opção é usar álcool em gel em forma de creme ou com glicerina na composição.

E o álcool com cheiro? O farmacêutico Márcio Mello explica que as diferentes essências encontradas em alguns produtos não mudam a eficácia de ação do mesmo. “A questão é que essas essências podem causar irritações na pele, dependendo da sensibilidade de cada pessoa. O importante mesmo é ficar atento à porcentagem de álcool mínima na composição”, finaliza.

Já para quem deseja um resultado ainda mais eficiente, a dica da dermatologista Irene Baldi é o skinbooster. “É um procedimento estético injetável bem simples, que hidrata profundamente a pele por meio do ácido hialurônico, e traz resultados muito superiores aos de dermocosméticos, já que atua nas camadas mais profundas da pele”, completa a médica.

Continua após a publicidade

ES Brasil Digital

Continua após publicidade

Fique por dentro

Chefe ou líder? O que você é?

Entende-se que uma das características mais importantes de um líder é desenvolver uma equipe que seja capaz de funcionar sem ele

Tecnologia faz produção de café conilon “pocar” no Norte do ES

Quem apostou em sistemas de irrigação modernos, aliados ao manejo correto integrado, já começa a colher os primeiros frutos de uma tecnologia que veio para ficar.

Feirão Limpa Nome: seis passos antes de renegociar!

Mas antes de ir para a etapa de negociações é importante que o consumidor conheça seus números e faça uma faxina financeira.

CNI: confiança dos empresários da indústria melhora pelo 3ª mês seguido em julho

As expectativas com relação aos próximos seis meses já são otimistas", destacou a CNI, no documento. Confira! Por Eduardo Rodrigues (AE) Após bater no fundo do...

Vida Capixaba

Exposição de peças sacras em Vitória

Ao todo, serão fotos de 360 peças sacras contidas no catálogo “Acervo de arte sacra: Museu Solar Monjardim”, localizado em Jucutuquara, em Vitória.

Mais investimentos para recuperação de estradas rurais neste mês

A Prefeitura de Cachoeiro de Itapemirim, por meio da Secretaria Municipal de Agricultura e Interior, intensificará, nos próximos dias, os serviços de recuperação e manutenção das vias vicinais do interior.

Bares, restaurantes funcionam com horário diferenciado

Renato Casagrande fez o comunicado e explicou que os horários foram alterados, conforme a matriz de risco definida pelo governo estadual.

INSS começa teste de prova de vida digital com 550 mil beneficiários

Num primeiro momento, o mecanismo será feito por meio de reconhecimento facial, com o uso da câmera do celular, para quem já tem carteira de motorista ou título de eleitor digital.
Continua após publicidade