29.5 C
Vitória
quinta-feira, 2 abril, 2020

Estado receberá doação de álcool para combate ao coronavírus

Leia Também

IPRF: prazo para entrega é prorrogado pelo governo

O prazo para a entrega do IPRF foi alterado para 30 de junho, mas mesmo tendo mais tempo, não deixe para a última hora. Saiba mais!

Tempo: o que esperar para abril?

O mês de abril será marcado por temporais, chuvas volumosas e potencial para alagamentos. O mês começa com alerta e situação de perigo para chuvas fortes.

Bolsonaro sanciona lei da renda básica emergencial

Projeto de lei cria uma renda básica emergencial de R$ 600 aos trabalhadores informais, autônomos e sem renda fixa. Saiba mais!

Visite museus ao redor do mundo sem sair de casa!

Mas quem disse que você não pode ir a lugar algum? Você pode visitar os museus ao longo do mundo, e melhor: virtualmente!

Por conta da falta do álcool em gel em estabelecimentos do Estado, o deputado estadual Evair de Melo solicitou a doação do produto para distribuir à população

Por conta das orientações da Organização Mundial da Saúde (OMS) e o Ministério da Saúde, o álcool em gel 70% se tornou um item indispensável para prevenir o novo coronavírus (Sars-Cov-2). Desta forma, o produto tem faltado nas prateleiras de estabelecimentos em toda a região.

Para evitar a falta do álcool em gel, o deputado Federal Evair de Melo conseguiu a doação de todo o álcool 70% necessário para o Espírito Santo após contato com o presidente da União da Indústria de Cana-de-Açúcar (ÚNICA), Evandro Gussi.

O parlamentar informou ao governador Renato Casagrande, com a intenção do Estado adotar as providências necessárias para receber o material doado, envazar o álcool e distribuir à população.

Eficácia

E qual é a relação do álcool em gel com o novo coronavírus? Segundo o farmacêutico da Pharmapele Vila Velha, Márcio Mello, o álcool em gel ou o líquido, ambos possuem a mesma eficácia de proteção, o que muda é a textura deles e o que é melhor para aplicação em diferentes áreas. “O gel é mais fácil para aplicar no corpo e o líquido é mais indicado para limpeza e higienização dos ambientes e suas superfícies”, diz.

O que se deve ficar atento é a concentração de álcool no produto, pois muita gente saiu comprando álcool sem verificar a descrição na embalagem, e muitos deles não possuem a porcentagem mínima de proteção contra bactérias e vírus. “O que farmácias e supermercados vendem é uma mistura de álcool, água e outras substâncias, já que o álcool puro não pode ser vendido para o consumidor final. Ao comprar o produto, é importante observar a quantidade de álcool na composição. O ideal é que o produto tenha 70% de álcool. Menos que essa porcentagem, a eficácia de proteção contra vírus e bactérias é comprometida. O produto ainda deve ter parte de água, pois é ela quem ajuda o álcool a não evaporar com tanta rapidez e facilita a entrada do álcool nos microorganismos e assim poder agir na destruição desses vírus e bactérias”, explica.

álcool
O álcool em gel 70% pode matar as bactérias e vírus presentes em superfícies. – Foto: Rodrigo Buendia / AFP

Cuidados

O uso do álcool em gel, que tanto ajuda a diminuir a propagação de vírus e bactérias, exige cautela em sua utilização para evitar problemas na pele, segunda a dermatologista Irene Baldi. “Pode prejudicar a pele das mãos, causando ressecamento, eczema e vermelhidão. Para evitar isso, o ideal é lavar as mãos e hidrata-las. Também recomendamos deixar o álcool em gel para quando não é possível utilizar água e sabão ou ainda em situações especiais, como em ambientes hospitalares”, explica a médica.

Para não causar irritações nas mãos, a orientação é utilizar uma pequena quantidade do produto e evitar que o líquido fique acumulado em anéis e pulseiras. Outra opção é usar álcool em gel em forma de creme ou com glicerina na composição.

E o álcool com cheiro? O farmacêutico Márcio Mello explica que as diferentes essências encontradas em alguns produtos não mudam a eficácia de ação do mesmo. “A questão é que essas essências podem causar irritações na pele, dependendo da sensibilidade de cada pessoa. O importante mesmo é ficar atento à porcentagem de álcool mínima na composição”, finaliza.

Já para quem deseja um resultado ainda mais eficiente, a dica da dermatologista Irene Baldi é o skinbooster. “É um procedimento estético injetável bem simples, que hidrata profundamente a pele por meio do ácido hialurônico, e traz resultados muito superiores aos de dermocosméticos, já que atua nas camadas mais profundas da pele”, completa a médica.

Publicidade

ES Brasil Digital

ES Brasil 174
Continua após publicidade

Fique por dentro

Inspire-se: aprenda a poupar e a investir com bons livros

Conheça alguns títulos que podem ajudar a você e a sua família a entrar nos eixos Mesmo com tantos bons exemplos nas prateleiras das...

Como proteger os dispositivos e garantir uma navegação segura

No dia em que se comemora o Dia da Internet Segura, especialista em tecnologia dá dicas para evitar violações na rede ao utilizar o...

Ibovespa caminha para pior mês desde 1998

Na tarde de hoje (31), Ibovespa acumulava em março perda de cerca de 28%, que se mantida representará o pior desempenho mensal desde 1998.

Dicas gratuitas para superar a crise econômica da Covid-19

Evento trará estratégias e ações com os participantes para sobreviver à crise econômica e ter sucesso no pós-crise causada pela doença.

Vida Capixaba

Camerata Sesi apresenta a live: “Café com Maestro”

Com o tema “Os benefícios da música na educação musical”, o maestro Leonardo David convida a musicista Fabi Cruz para a live nesta quarta (01), às 17h

Livros disponibilizados gratuitamente. Confira como acessar!

A Amazon, em parceria com autores, liberou o acesso às obras mais clássicas da literatura. Basta fazer o download e lê-los onde quiser!

Sesi Cultura Online: Nano Vianna e André Prando

Para estrear as lives do Sesi Cultura online, dois ícones da música capixaba estarão se apresentando hoje. André Prando e Nano Vianna

Podcasts para empreendedores ouvirem durante o isolamento social

Uma das opções para o período de isolamento social é ouvir podcasts, formato que ganhou o gosto do brasileiro:em 2019. Veja as dicas!
Continua após publicidade