Campanha contra o sarampo começa hoje (10)

sarampo
O Dia D contra o Sarampo será realizado no dia 15 de fevereiro. - Foto: Mariana Ramos / Prefeitura Rio.

A Campanha Nacional de Vacinação segue até o dia 13 de março, com o Dia D marcado para 15 de fevereiro

Começa nesta segunda-feira (10), a primeira etapa da Campanha Nacional de Vacinação contra o sarampo. A ação se estende até o dia 13 de março, com público-alvo definido pelo Ministério da Saúde para crianças de 5 a jovens de 19 anos.

O Dia D marcado para 15 de fevereiro. Estarão disponíveis 493 salas de vacinas, de norte a sul do Espírito Santo e a expectativa da Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) é imunizar 39.927 crianças e jovens, porém com ressalva desse quantitativo de pessoas.

“A estimativa de não vacinados se encontra em atualização, portanto os dados podem estar superestimados e precisam ser avaliados com cautela”, explicou a coordenadora do Programa Estadual de Imunizações e Vigilância das Doenças Imunopreveníveis da Secretaria da Saúde, Danielle Grillo.

Para receber a vacina, é necessário não ter recebido nenhuma ou apenas uma dose da vacina tríplice ou tetra viral. Quem perdeu o cartão de vacinação ou aqueles que não sabem se estão com esquema vacinal completo também deverão receber a dose da vacina.

Sarampo

O sarampo é uma doença viral de elevada contagiosidade, cuja transmissão ocorre por meio de secreções nasofaríngeas expelidas ao tossir, espirrar e falar. Casos graves podem levar ao óbito.

Os principais sintomas são febre acompanhada de tosse persistente, irritação ocular, coriza, congestão nasal e mal-estar intenso. Após estes sintomas, há o aparecimento de manchas avermelhadas no rosto, que progridem em direção aos pés, com duração mínima de três dias.

Febre amarela

Outra estratégia da Sesa é imunizar as crianças de 4 a 7 anos contra a febre amarela. “Definimos que, por similaridade do público-alvo, iremos oferecer também o reforço às crianças de 4 a 7 anos da vacina febre amarela, considerando a mudança no calendário nacional que aconteceu em 2020”, explicou Danielle.