Café capixaba em busca do tricampeonato

Cerca de 48 amostras do café capixaba estão concorrendo ao título de melhor do mundo. - Foto: Reprodução

Dos 180 melhores cafés que concorrem ao Coffee of the Year, 48 são capixabas

Cafés capixabas participarão do concurso Coffee of the Year (COY), realizado durante a Semana Internacional do Café (SIC), que começa nesta quarta-feira (20), no Expominas, em Belo Horizonte (MG).

Na sexta-feira (22), serão revelados os campeões, às 17h30, no Grande Auditório. Os 10 melhores arábicas e cinco melhores canéforas. O público da SIC vota nos melhores cafés, às cegas, durante os três dias de evento.

No total, das 180 amostras, 48 são capixabas. Ao todo, 18 amostras do Café do Caparaó, 11 dos Cafés das Montanhas e 19 do Conilon Capixaba foram escolhidas para concorrer com amostras de todo o Brasil.

O Espírito Santo é bicampeão brasileiro. Em 2018, conquistou os 1°, 2º, 3º e 5º lugares em conilon e o 1º e 2º lugares no arábica foram do Espírito Santo.

Afonso Lacerda, da Fazenda Forquilha, em Dores do Rio Preto, ganhou na categoria café arábica, no ano passado. – Foto: Pedro Vilela/Agência I7/Divulgação

Sendo assim, Afonso Lacerda, da Fazenda Forquilha, de Dores do Rio Preto, ganhou na categoria café arábica; e Luiz Claudio de Souza, da Fazenda Grãos de Ouro, em Muqui, ganhou na categoria café conilon. Este ano, os cafeicultores concorrerão novamente.

“O concurso é uma vitrine sem igual para os produtores, pois gera muito interesse de compradores pelo produto e enfatiza a qualidade da região produtora”, explica a diretora de conteúdo da Café Editora, uma das organizadoras do evento, Mariana Proença.

Competição

Criado em 2012, o COY visa a reunir os melhores cafés do Brasil e eleger os grandes destaques do ano, incentivando assim o desenvolvimento e aprimoramento da produção nacional e a divulgação de novas origens do café.

Os cafés indicados pelos produtores precisam atingir uma classificação mínima de 80 pontos, em uma escala de 100.

Os critérios de seleção são baseados em protocolos da Associação de Cafés Especiais (SCA), que incluem, por exemplo, aroma, sabor, acidez, corpo, uniformidade, balanço e doçura, além de notas de qualidade referenciadas pelo Instituto de Qualidade do Café (CQI).

O café capixaba concorrerá ao tricampeonato no Coffee of The Year. – Foto: Reprodução
Etapas

O concurso é dividido em duas etapas. A primeira, consiste em receber as amostras torradas, que serão provadas por 14 pessoas, entre juízes certificados pela Specialty Coffee Association (SCA) e Q-Graders e R-Graders Licenciados pelo Coffee Quality Institute (CQI), tendo como coordenador-geral, o professor Leandro Paiva, do Instituto Federal do Sul de Minas – Campus Machado.

Na segunda etapa, as 15 melhores amostras classificadas são preparadas e disponibilizadas para degustação às cegas e voto do público. A amostra mais votada será revelada no último dia do evento no auditório principal e com a presença dos visitantes.

Saiba mais sobre a SIC 2019 no site https://semanainternacionaldocafe.com.br/br/

Leia Também:
Conteúdo Publicitário