28.8 C
Vitória
sexta-feira, 24 maio, 2024

Após sair do Tottenham, Lucas Moura descarta volta ao Brasil 

Depois de uma última temporada frustrante no Tottenham, Lucas vai descansar no Brasil e avaliar as propostas antes de definir seu futuro

Por redação [Agência Estado]

Há tempos que o torcedor são-paulino sonha com o retorno do meia Lucas Moura. O jogador, de saída do inglês Tottenham, sempre faz juras de amor ao clube do Morumbi, mas revelou nesta segunda-feira que ainda não pensa em volta aos País. A ideia do jogador, de 30 anos, é seguir atuando na Europa.

- Continua após a publicidade -

“Voltar ao Brasil é sempre uma coisa que me passa pela cabeça. É o meu país, um lugar que amo, pelo qual tenho um carinho enorme. Mas, por enquanto, não está na minha cabeça voltar agora para o Brasil”, afirmou em entrevista ao diário AS, da Espanha. “Ainda tenho 30 anos, tenho muitas coisas para conquistar fora do país. Vamos ver as propostas que aparecerem, não estou fechando nenhuma porta. Agora é a hora de descansar e depois analisar.”

Depois de uma última temporada frustrante no Tottenham, na qual pouco atuou por causa das lesões, Lucas Moura vai descansar no Brasil e avaliar as propostas antes de definir seu futuro. Por enquanto, porém, não há nada de concreto sobre qual camisa vestirá na retomada da temporada.

“O meu pensamento agora é aproveitar as férias, curtir meu país, minha família e amigos, descansar, aproveitar esse tempo e depois me preparar para a próxima temporada. Não há nada definido. Tenho algumas ofertas de vários clubes e vou esperar, analisar com calma o que aparecer e depois tomar a decisão com a minha família”, disse. “Não tenho preferência de lugar. Quando você tem filhos, as prioridades mudam e a prioridade é encontrar um lugar bom para morar, que seja bom para os meus filhos. Um país que é seguro. As pessoas pensam nessas coisas e saber que será um lugar especial me deixa feliz.”

Desde que deixou o São Paulo para defender o Paris Saint-Germain, há 10 anos, o meia-atacante atuou somente na França e no Tottenham. Ele pode aparecer em novo país europeu já em julho. E voltou a revelar que quando optar pelo retorno à terra natal, a prioridade será o clube que o projetou.

“Já falei várias vezes, o São Paulo é um clube que amo, que está no meu coração. Sempre o acompanho e o apoio. Sinto muita gratidão porque é a equipe que deu a oportunidade de me profissionalizar. Quando eu decidir voltar ao Brasil, será o primeiro clube que me virá à cabeça”, disse. “Tem de ver o momento do clube, se eles se interessam. Mas todo mundo sabe o quanto eu gosto de São Paulo.”

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

Matérias relacionadas

Continua após a publicidade

EDIÇÃO DIGITAL

Edição 221

RÁDIO ES BRASIL

Continua após publicidade

Vida Capixaba

- Continua após a publicidade -

Política e ECONOMIA