26 C
Vitória
terça-feira, 23 abril, 2024

Ales debate proteção e recuperação de rios em Dia da Água

Dia da Água discute a importância da proteção do recurso natural para a vida humana

Por Redação

Ao longo da semana que marca a comemoração do Dia da Água, a Assembleia Legislativa do Espírito Santo promove o debate quanto aos cuidados, proteção e recuperação de rios e bacias hidrográficas no estado. As audiências públicas contam com a presença de especialistas, parlamentares, empreendedores ligados a atividades como a pesca, além de instituições que promovem o desenvolvimento sustentável.

- Continua após a publicidade -

Intitulada “Semana Legislativa de Proteção ao Rio Doce”, o evento teve início na última segunda-feira (20) na sede do legislativo capixaba. Na abertura, o engenheiro agrônomo e membro do Conselho Diretor do Instituto Terra, Henrique Lobo, apresentou o tema “Os rios da terra”. O coordenador da Comissão Parlamentar Interestadual de Estudos para o Desenvolvimento Sustentável da Bacia Hidrográfica do Rio Doce (Cipe/Rio Doce), Hernandes Bermudes, destacou a importância do debate.

“A expectativa para este ano é continuar o processo de democratização do debate sobre a necessidade de proteção dos nossos rios, em especial do Rio Doce. Ouvir a opinião de alunos, professores, sociedade civil organizada e órgãos ligados ao meio ambiente sobre os problemas que afetam a qualidade de nossos rios e o que poderá ser feito para mudar essa realidade”, explica o coordenador do evento.

O Espírito Santo possui 12 bacias hidrográficas. Dessas, cinco são compartilhadas com outros estados, sendo elas: Doce, Itapemirim, São Mateus, Itabapoana e Itaúnas. As outras sete são estaduais, sendo: Piraquê-Açu, Santa Maria, Guarapari, Reis Magos, Jucu, Benevente e Rio Novo.

A bacia do Rio Doce é a que tem recebido mais atenção do parlamento capixaba nos últimos anos. Desde o crime ambiental envolvendo o rompimento de barragens, a ALES tem criado comissões e aberto debates junto a vítimas e representantes sociais para discutir formas de reparos à sociedade. 

Em 2022, durante um período de seca, o estado chegou a decretar estado de atenção sobre a situação hídrica e baixa vazão dos rios que abastecem os municípios de Itapemirim, Marataízes e Anchieta.

O Dia Mundial da Água, celebrado nesta quarta-feira (22), promove a conscientização sobre a relevância da água para a sobrevivência de seres vivos. Além disso, a data é um momento para lembrar a importância do uso sustentável desse recurso e a urgente necessidade de conservação dos ambientes aquáticos, evitando poluição e contaminação.

A programação especial da Ales segue nesta quarta e será finalizada amanhã (23), com a palestra da professora mestre em Política Social da Ufes, Tânia Silveira. A doutoranda em Ciências Sociais abordará a relação do indivíduo com o meio ambiente. A palestra está marcada para às 14 horas.

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

Matérias relacionadas

Continua após a publicidade

EDIÇÃO DIGITAL

Edição 220

RÁDIO ES BRASIL

Continua após publicidade

Vida Capixaba

- Continua após a publicidade -

Política e ECONOMIA