28.9 C
Vitória
segunda-feira, 24 junho, 2024

6 tendências para os negócios do futuro

Um estudo revela as tendências para os negócios que vão impactar as micro e pequenas empresas nos próximos anos

Por Amanda Amaral

Estar atento as novidades é uma característica de quem é empreendedor ou deseja abrir uma empresa. Por isso, um estudo revelou quais as tendências prometem ser o caminho dos negócios nos próximos anos.

- Continua após a publicidade -

A pesquisa foi realizada pelo Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Espírito Santo (Sebrae/ES), que elaborou um ebook “Tendências de Negócios: Tendências e Oportunidades Para o Futuro dos Negócios” e uma série de vídeos. O material está disponível na Loja Virtual da entidade gratuitamente. 

Para as tendências do futuro são destacados seis temas: Conexão com a Natureza; a Circularidade; o Poder dos Nichos; os Negócios Colaborativos; o Valor do Conhecimento; e a Longevidade.

“Além de reunir essas tendências principais para os três maiores setores da economia: Indústria, Comércio e Serviços, o material ainda traz, de forma mais ampla, dicas e orientações para diferentes negócios e mercados, apontando pontos principais que precisam ser melhor trabalhados por quem já empreende ou deseja empreender a partir de 2023”, ressalta a gerente de Relacionamento do Sebrae/ES, Adriana Rocha.

Megatendências

E cada uma dessas possibilidades está interligada a quatro megatendências, de acordo com o Sebrae/ES. São elas: Economia da Paixão; o Novo Consumidor; a Busca do Uau; e o Multicanal, que busca a integração dos canais de diálogo com o cliente.

Todos esses conceitos são explicados no ebook e nos vídeos desenvolvidos pela equipe do Sebrae/ES; que ainda aponta quais são as melhores áreas para começar um negócio a partir de 2023, mostrando as possibilidades do mercado para Comércio, Serviços e Indústria.

Possibilidades de mercado

“Nosso material também indica como cada setor pode melhor aproveitar essas oportunidades, oferecendo caminhos que indicam como explorar cada um dos negócios elencados no material, incluindo informações de mercado, público-alvo, interesse e demanda”, explica Adriana.

Entre os negócios levantados, há opções para o Varejo, a exemplo de Pet Shop, Barbearia, Estética e Panificação; e também no Turismo, incluindo Hotéis e Pousadas, Bares e Restaurantes, além de Operadores Turísticos. O material sobre o estudo ainda elenca opções para Economia Criativa, incluindo Moda e Confecção, além do Artesanato; e também sugere opções para o Agronegócio, apontando o Café, a Hortifruticultura e o Laticínio como possibilidades principais para os empreendedores.

tendência para os negócios
O Sebrae/ES, em Vitória, oferta orientação e serviços para os micro e pequenos empresários. Foto: Divulgação/Sebrae/ES

Conexão com as tendências

“Uma tendência nasce a partir da observação de um processo de mudança que afeta o comportamento das pessoas. É por meio da observação dos comportamentos emergentes que nascem ideias sobre uma nova forma de ver, pensar, produzir e ou fazer negócios”, aponta a gerente de Relacionamento do Sebrae/ES.

Adriana complementa: “Considerando, ainda, que o mundo vem passando por um processo de mudança oportuna, com tecnologia e globalização sendo os grandes pilares dessa mudança, pudemos observar novos hábitos de consumo, novas tendências, novos nichos a serem explorados, além da popularização de canais de distribuição e comunicação, incluindo novos comportamentos, desejos e demandas populacionais ansiosas para serem atendidas”. E nesse mar de possibilidades de crescimentos que estão por aí, esse material desenvolvido pelo Sebrae/ES, segundo Adriana, tem como objetivo inspirar os empreendedores, atuais e futuros, a refletirem sobre suas atividades, planos e projetos, bem como a revisitar ou a criar modelos de negócios conectados às tendências.

 

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

Matérias relacionadas

Continua após a publicidade

EDIÇÃO DIGITAL

Edição 221

RÁDIO ES BRASIL

Continua após publicidade

Vida Capixaba

- Continua após a publicidade -

Política e ECONOMIA