16.9 C
Vitória
sábado, 15 junho, 2024

Vitória é a quarta capital com mais educadores vacinados

Vitória tem 72% de profissionais da educação vacinados, à frente de São Paulo, Rio de Janeiro e Belo Horizonte

Por Priscilla Cerqueira

Boa notícia para o Espírito Santo! A capital do estado está em quarto lugar no Brasil com o maior número de educadores vacinados contra a covid-19. Vitória tem 72% de profissionais da educação vacinados, à frente de São Paulo, Rio de Janeiro e Belo Horizonte. O cálculo considera tanto professores e professoras quanto auxiliares da educação.

- Continua após a publicidade -

As informações são da Transparência Brasil ao divulgar novos dados sobre a vacinação. As informações estão disponíveis na plataforma VacinaEdu da Transparência Brasil, que foi implantada nesta semana.

“Os professores são um grupo de extrema importância. A educação é a base da sociedade e dar condições para que esses profissionais retomassem as aulas em Vitória com segurança é um compromisso da nossa gestão para a volta da normalidade e para a evolução do ensino em nossa sociedade”, destacou a secretária de Saúde de Vitória, Thais Cohen.

Vacinação no Espírito Santo

Mais de dois milhões de capixabas já foram vacinados. “Cuidar das pessoas tem sido o nosso compromisso e a vacinação dos professores mostra esse cuidado. Somos o primeiro lugar do sudeste e isso com certeza colabora para que tenhamos a escola como um espaço seguro. Estamos muito felizes com mais esta conquista de Vitória”, disse a secretária de Educação de Vitória, Juliana Rohsner.

A Transparência Brasil é uma organização independente e autônoma, que tem como principal objetivo a luta contra a corrupção. Fundada em abril de 2000 por um grupo de pessoas e organizações não-governamentais, encontra-se sediada em São Paulo.

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

Matérias relacionadas

Continua após a publicidade

EDIÇÃO DIGITAL

Edição 221

RÁDIO ES BRASIL

Continua após publicidade

Vida Capixaba

- Continua após a publicidade -

Política e ECONOMIA