25.5 C
Vitória
quarta-feira, 17 DE julho DE 2024

Vítimas de catástrofes naturais terão direito a apoio psicológico no ES

Lei promulgada pelo Legislativo prevê amparo psicológico para vítimas de desastres naturais, como na Região Sul capixaba

Por Robson Maia

A Assembleia Legislativa (Ales) promulgou o Projeto de Lei (PL) que garante apoio psicológico às vítimas de catástrofes naturais no Espírito Santo. A ação, que implementa o Programa de Apoio Psicológico às Vítimas de Catástrofes Naturais, é mais uma realizada pelos deputados em visando o amparo em situações como a das chuvas que atingiram a Região Sul capixaba.

- Continua após a publicidade -

O texto foi assinado pelo presidente da Ales, deputado Marcelo Santos. Os deputados votaram de forma unânime pela aprovação da medida sancionada nesta sexta-feira (19).

De acordo com Marcelo Santos, o objetivo é oferecer um suporte psicológico adequado e amplo às vítimas, atendendo não apenas aqueles que enfrentam a perda de entes queridos, mas também as que carregam cicatrizes emocionais após testemunhar a devastação de suas comunidades.

“Não podemos nos limitar somente à reconstrução física das áreas afetadas. É fundamental direcionar nossa atenção também para o bem-estar emocional, pois podemos imaginar o impacto devastador que a perda repentina de tudo pode causar nas pessoas. Ansiedade, ataques de pânico, depressão, entre outros problemas emocionais são desafios adicionais que muitos enfrentam ao tentar se reerguer diante das dificuldades”, comentou o presidente da Ales.

Os principais pontos da Lei implementada são o oferecimento de apoio psicológico às vítimas de catástrofes naturais e seus familiares, a realização de cursos de capacitação para profissionais envolvidos no resgate e assistência às vítimas, visando prepará-los para lidar com as complexidades emocionais dessas situações.

Além disso, o programa prevê a disponibilização do atendimento psicológico de forma virtual ou presencial, conforme determinado pela Administração e a possibilidade de estabelecimento de parcerias com órgãos públicos e entidades privadas para a execução do programa.

“Desde o primeiro momento, nossa missão foi clara: garantir o apoio necessário para que cada cidadão possa reconstruir não apenas suas casas, mas suas vidas com dignidade”, concluiu o líder dessas ações, deputado Marcelo Santos.

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

Matérias relacionadas

Continua após a publicidade

EDIÇÃO DIGITAL

Edição 222

RÁDIO ES BRASIL

Continua após publicidade

Vida Capixaba

- Continua após a publicidade -

Política e ECONOMIA