23.9 C
Vitória
domingo, 28 novembro, 2021

TSE rejeita registro de candidatura de Lula

Ministros consideraram petista inelegível com base na Lei da Ficha Limpa. PT terá 10 dias para substituir candidato. Mas a Defesa poderá recorrer.

Por 6 votos a 1, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) decidiu na madrugada de hoje (1º) rejeitar o pedido de registro de candidatura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) à Presidência da República nas eleições de outubro. A decisão foi tomada a partir de 16 impugnações à candidatura apresentadas ao tribunal.

Com a decisão, Lula não poderá mais aparecer no programa eleitoral para presidente, veiculado no rádio e na televisão a partir deste sábado (1º), até que o PT faça a substituição por outro candidato. Por determinação, o ex-presidente também deverá ter o nome e foto retirados da urna eletrônica. O partido terá 10 dias para indicar o substituto.  A decisão tem validade imediata.

Sobre a propaganda do PT na TV e no rádio, os ministros optaram somente pela proibição da participação de Lula como candidato. O que permite que o candidato a vice Fernando Haddad continue a fazer propaganda.

Apesar de já ter entrado em vigor as determinações, ainda existe a possibilidade de recurso ao próprio TSE ou ao Supremo Tribunal Federal (STF). A defesa não adiantou o que pretende fazer. Os advogados afirmaram que ainda vão discutir com o PT se e como vão recorrer da decisão.

*Com informações da Agência Brasil 


Leia mais

Ministro do STF libera julgamento de recurso de Lula
Fachin envia recurso de Lula ao plenário do STF
Lula e Bolsonaro tem candidaturas contestadas
PT registra candidatura de Lula à presidência

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Continua após publicidade

Fique por dentro

Vida Capixaba

Continua após publicidade