27.1 C
Vitória
segunda-feira, 29 novembro, 2021

Tarifa branca começa a valer nas contas de energia

Em vigor desde 2018, a tarifa branca pode ajudar a reduzir o valor das contas de energia de pequenos e grandes consumidores

Consumidores de diversas partes do país poderão ser beneficiados com a redução do valor da conta de energia por conta da tarifa branca, que começou nessa quarta-feira (1º), e visa a diminuir a energia fora do horário de pico.

Também chamado de horário de ponta, o horário de pico envolve três faixas de valores. A proposta é que nos dias úteis o valor seja reduzido no horário de ponta (tarifa vermelha), no fim da tarde e no início da noite, na qual é cobrada a faixa intermediária (amarela), e uma hora antes e uma hora depois do horário de ponta, cujo horário é considerado fora de ponta (verde), com custo mais baixo no restante do dia.

Além disso, nos fins de semana e nos feriados nacionais, a tarifa fora do horário de ponta é que estará valendo. O mesmo sistema é adotado por países como Canadá, Austrália, Itália, França e Reino Unido.

A medida começou a ser utilizada em 2018, para unidades com consumo superior a 500 quilowatts-hora (kWh). Em 2019, passou a ser aplicado em unidades com consumo a partir de 250 kWh.

Adesão

Para que o consumidor pague o valor da tarifa branca, é necessário solicitar à distribuidora a partir deste mês. A partir de então, um novo medidor de energia capaz de registrar o consumo nas diferentes faixas horárias será instalado na residência.

A adesão da tarifa implica na mudança de hábitos, como evitar usar aparelhos que consomem mais energia, principalmente o chuveiro elétrico, fora dos horários de pico. Caso o cliente não preste atenção e mantenha o consumo no horário de ponta, poderá fechar o mês com a conta mais cara.

Leia Também:
- Publicidade -

Matérias relacionadas

Continua após publicidade

Fique por dentro

Vida Capixaba

Continua após publicidade