25.3 C
Vitória
quarta-feira, 30 setembro, 2020

Smartphones: uma nova ameaça às redes corporativas

Mais Artigos

Cuidado com a imagem da sua empresa!

Uma organização, pequena ou grande, está baseada primordialmente naquilo que é o seu objetivo

Economia brasileira: vítima dos personalismos de governo

É lamentável ter que testemunhar episódios como o da criação do TRF-6 Por Arilda Teixeira Aqueles que acreditam que a combinação de república democrática com economia...

Desmatamentos & queimadas ilegais: não faltam leis, mas consciência e atitudes!

Isto tudo ocorria sob o olhar omisso do poder estatal, óbvio, diante dos interesses que circundavam as florestas naturais e, ainda, se mantém até os dias atuais

Os smartphones subverteram a figura dos celulares. O que era um dispositivo que servia apenas para realizar ligações de voz se tornou um verdadeiro terminal de acesso a informações. Com isso, os dados pessoais que estavam presos dentro de seu mundo relativamente protegido entre PCs, redes e servidores agora está no ar e no bolso de qualquer um. Tudo fácil, simples, rápido e vulnerável. Para se ter uma ideia do tamanho do problema, apenas no primeiro trimestre deste ano mais de 60 milhões de unidades foram vendidas em todo mundo e espera-se que até 2014 tenhamos mais de 412 milhões de celulares inteligentes em operação. Um mercado que começa a chamar a atenção de hackers para a produção de vírus e desenvolvimento de aplicativos específicos para essa plataforma que, uma vez baixados, podem roubar dados e produzir outros prejuízos.

A maioria dos usuários ainda desconhece os riscos de acesso a suas informações a partir de um dispositivo móvel que, devido as suas limitações de hardware, dificilmente possuem ferramentas adequadas de proteção.

Mas será que um antivírus pode oferecer a segurança necessária? Provavelmente não. Os melhores antivírus existentes não conseguiram alcançar níveis de proteção acima dos 97%, ou seja, mesmo que você tenha um utilitário desse tipo atualizado na sua máquina ou celular ainda correrá o risco de ter seu equipamento infectado. Além dessa situação, os celulares possuem muitas outras ameaças e vulnerabilidades que não existem em um PC, como a clonagem, o monitoramento de ligações e o bloqueio do dispositivo.

Se essa situação se apresenta como uma ameaça para a pessoa física, com suas contas correntes e contas de e-mail, imagine como fica a (in)segurança quando falamos de uma corporação, com seus bancos de dados repletos de informações avidamente desejadas por concorrentes.

A solução começa por utilizar um sistema operacional que possa oferecer recursos nativos de encriptação de dados, segurança do núcleo do sistema (kernel), assim como a atualização constante para a solução de bugs e vulnerabilidades. Mas é claro que isso não basta. A principal vulnerabilidade nesse tipo de dispositivo ainda está em quem faz uso dele. As empresas que têm suas equipes interligadas por esses dispositivos móveis devem investir na capacitação de seus colaboradores para que eles estejam cientes dos riscos existentes.

A segurança dos dispositivos móveis é um grande desafio para os administradores da infraestrutura de TI. Não podemos simplesmente impedir o seu uso, pois eles são necessários e já provaram que melhoram a produtividade dos colaboradores. Assim, é bom ficar de olho.

Gilberto Sudré é especialista em Segurança da Informação e Perito em Computação Forense

ES Brasil Digital

Continua após publicidade

Fique por dentro

Economia: pedidos de seguro-desemprego caem 11,6% na 1ª quinzena de setembro

O custo de cada parcela adicional é estimado em R$ 8,35 bilhões, segundo cálculos da equipe econômica obtidos pelo Broadcast

‘Vamos fazer programa de substituição tributária’, diz Guedes

Ricardo Barros (PP-PR), afirmou ainda que não haverá aumento de carga tributária na proposta de reforma que o governo construirá

Conab avalia que Brasil terá segunda maior safra de café em 2020

O 3º Levantamento da Safra 2020 de Café, divulgado hoje (22), em Brasília, pela Companhia Nacional do Abastecimento (Conab), foi estimado em 61,6 milhões...

Valor Bruto da Produção Agropecuária deve ser recorde de R$ 823 bi, diz CNA

Outros fatores que podem influenciar o indicador do setor são o aumento de 4,3% na produção, a alta de 18,7% nos preços

Vida Capixaba

Outubro Rosa 2020: novo formato, mesmo conceito

O movimento oficial Outubro Rosa 2020 chega em novo formato no Espírito Santo, mas com o mesmo conceito: alertar sobre a importância da detecção precoce do câncer. Afinal, a vida mudou. A forma de cuidar dela, não.

Bate-papo sobre “logística reversa”

A Câmara Técnica de Resíduos Sólidos da Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental – Seção Espírito Santo (ABES-ES) irá promover um bate-papo online na terça-feira (29), às 19h, com o tema “Logística Reversa”.

Retorno de cirurgias eletivas impulsiona crescimento das plásticas

O aumento da procura por cirurgias atinge todas as faixas etárias e principalmente os jovens.

Doenças tireoidianas no idoso e a associação entre Covid-19 e a tireoide fazem parte de evento científico

De 30 a 31 de outubro ocorrerá o 19º Encontro Brasileiro de Tireoide (EBT), pela primeira vez online, em razão da pandemia da covid-19....