Sine da Serra bate recorde de encaminhamentos ao trabalho em 2019

Sine da Serra realiza orientação profissional e cursos de capacitação gratuito - Foto: Sine Serra

Mais de 15 mil trabalhadores participaram de processos seletivos, o maior número desde 2015

O Sine da Serra bateu o recorde de encaminhamentos de trabalhadores ao emprego no ano passado. Em todo o ano passado, 15.024 trabalhadores foram encaminhados para participar de entrevistas de emprego, mais do que o dobro do ano de 2018 (quando 7.014 pessoas foram encaminhadas). Esse número também é recorde desde 2015.

Para a secretária interina de Trabalho, Emprego e Renda (Seter), Aline Oliveira, o número recorde de encaminhamentos é gratificante. “Esse número mostra as milhares de oportunidades, de recomeços e transformação de vidas para muitas famílias. Tivemos, em 2019, um trabalho intenso e desafiador de oferecer vagas para os moradores e de ajudar, com toda orientação e preparação, para que esse candidato encaminhado consiga efetivar sua contratação”, disse.

Todavia, esse encaminhamento é complementado com os trabalhos de Orientação Profissional, que dá dicas e ajuda a pessoa a se preparar para as entrevistas e dinâmicas em grupo, além de oferecer cursos de capacitação gratuitos e incentivar os estudos, por meio de parceria com a Secretaria de Educação para aulas de Educação de Jovens e Adultos (EJA).

Mão de obra

Referência em intermediação de mão de obra, mais de 95 mil pessoas estão cadastradas no banco de dados do Sine da Serra.

Por esse motivo, são muitos os atendimentos. No ano de 2019, foram realizados 57.163 atendimentos no balcão do Sine. Onde são realizados cadastro de novos trabalhadores, emissão de cartas de encaminhamento, entre outros.

O que fazer para ser encaminhado ao emprego?

O Sine da Serra faz o encaminhamento de profissionais que tenham o perfil de acordo com as exigências das vagas anunciadas (escolaridade, experiência…).

É muito importante que o trabalhador faça o cadastro no Sine da Serra, pois, somente assim, será possível fazer o cruzamento de informações do trabalhador com os requisitos das vagas.

“Mesmo que o trabalhador não encontre uma vaga no seu perfil naquele dia, ele não deve voltar para casa sem se cadastrar no Sine da Serra. Com o cadastro, será mais fácil encaminhá-lo quando aparecer uma oportunidade”, explicou Aline.

Outra dica importante é que, ao receber a carta de encaminhamento, a pessoa leia com muita atenção todas as informações e tire todas as dúvidas com o atendente do Sine.

“Muitas vezes, é o trabalhador que deve ligar para a empresa e marcar o dia da entrevista. No encaminhamento, estão todas as informações, incluindo o telefone da empresa”.

Leia Também:

Conteúdo Publicitário