26 C
Vitória
quinta-feira, 11 agosto, 2022

Sem chapa majoritária, PT-ES foca na Ales e Câmara

A presidente do PT-ES, Jackeline Rocha, vai disputar vaga na Câmara. Foto: Divulgação (Assessoria)

O PT capixaba realizou sua convenção junto com PCdoB e PV. Juntos vão lançar 31 nomes para a Ales e 11 para a Câmara

Por Josué de Oliveira

Sem muitas surpresas, o Partido dos Trabalhadores no Espírito Santo (PT-ES) realizou na noite de quinta-feira sua convenção e reforçou o projeto de focar nas candidaturas para a Assembleia Legislativa e Câmara Federal.

O partido chegou a lançar o senador Fabiano Contarato e Celia Tavares para o Governo e Senado, respectivamente, mas o projeto não foi viabilizado. Com isso, o PT apoia a chapa à reeleição do governador Renato Casagrande.

Para as próximas eleições, o PT está coligado com PCdoB e Partido Verde. Ao todo, são 31 nomes disputado uma das cadeiras da Assembleia e 11 na Câmara.

Entre eles, João Coser, Iriny Lopes e Perly Cipriano (Ales) e Hélder Salomão e a presidente do partido, Jackeline Rocha (Câmara).

O ex-prefeito João Coser não participou da convenção porque na mesma hora participava da formatura do seu filho no curso de Medicina.

Jackeline disse que sabe do momento político difícil enfrentado pelo Brasil e por isso aceitou o pedido do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para disputar uma vaga na Câmara Federal.

“Foi um chamado do próprio presidente Lula por entender que precisamos lutar pela representatividade das mulheres no Congresso Nacional. Vamos às urnas ressuscitar nossa esperança”, afirmou.

Casagrande não conseguiu comparecer ao evento, porque estava em agenda no município de Colatina, mas enviou um vídeo para a militância que participava do encontro.

“Quero dizer a vocês que nós estamos comprometidos com um país democrático, comprometido com as instituições, com o enfrentamento às desigualdades, às injustiças sociais, e isso está representado na candidatura do presidente Lula”, disse.

E prosseguiu: “O PSB fez a aliança nacional, nós fizemos aqui a aliança local, e que essa aliança possa fortalecer tudo aquilo que a gente deseja para um país e um Estado mais justo”, afirmou.

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

Entre para nosso grupo do Telegram

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Continua após publicidade

Fique por dentro

Vida Capixaba

Continua após publicidade