25.6 C
Vitória
domingo, 27 setembro, 2020

Reflexões sobre o sentimento de insegurança

Mais Artigos

O boom no turismo regional no mundo pós-pandemia do coronavírus

Estratégias para diferenciação e melhor aproveitamento da imensa demanda por hotéis e pousadas

Cuidado com a imagem da sua empresa!

Uma organização, pequena ou grande, está baseada primordialmente naquilo que é o seu objetivo

Eleições Municipais: Vereadores e Prefeitos

É fundamental, nas eleições, escolher e votar em candidatos que estejam comprometidos com nossas cidades

Economia brasileira: vítima dos personalismos de governo

É lamentável ter que testemunhar episódios como o da criação do TRF-6 Por Arilda Teixeira Aqueles que acreditam que a combinação de república democrática com economia...

Esse sentimento é hoje muito presente nas pessoas, pois o fluxo e acesso às informações sobre os fatos criminosos são gerados de forma imediata e, muitas vezes, em tempo real

Em 2 de fevereiro de 2020, um homem armado com uma faca e vestido com um colete que simulava conter explosivos atacou e feriu duas pessoas em Londres, sendo morto em seguida pela polícia. A suspeita de que poderia haver explosivos no colete caracterizou a ação como um ato terrorista e tornou obrigatória a decisão de se isolar a área e promover a desocupação dos locais e das proximidades.

Quando o policial chegou para fazer o anúncio em um restaurante, o funcionário não quis acatar a sua ordem e, diante da insistência do agente, solicitou pelo menos 30 minutos para os clientes terminarem as refeições.

O que leva uma pessoa a ter essa atitude diante de fato com tal gravidade? Pode-se afirmar que o sentimento de insegurança é hoje muito presente nas pessoas, pois o fluxo e acesso às informações sobre os fatos criminosos são gerados de forma imediata e, muitas vezes, em tempo real.

Isso traz uma consequência boa e outra ruim. A boa é que a massificação da informação mobiliza a população a pensar nas questões de segurança e exigir das autoridades respostas efetivas, buscando com isso aquilo que todos sempre almejam: a paz social.

A consequência ruim é que uma boa parte das pessoas, ao ser diariamente bombardeada com notícias de crimes e tragédias na área da segurança pública, acaba tendo um sentimento de recusa e insensibilidade, fazendo lembrar a teoria da “banalidade do mal”, da filósofa e pensadora alemã Hannah Arendt, que logo após a Segunda Guerra Mundial, especificamente no julgamento dos nazistas responsáveis pelo extermínio dos judeus, notou que não havia constrangimento dos réus diante dos fatos. Para eles, a justificativa de que só estavam “cumprindo ordens” bastava.

A luta permanente pela redução dos indicadores criminais e pela diminuição do sentimento de insegurança que aflige a maioria das pessoas não pode ser confundida da forma como fez o funcionário do restaurante em Londres. Onde foi parar o sentimento de indignação, diante de fato tão significativo que vitimou pessoas e abalou a ordem pública?

Devemos manter permanentemente elevado o nível do nosso poder crítico e de fiscalização em relação ao o nosso próprio comportamento e também aos órgãos públicos, para não cairmos na tentação de relativizar as questões de violência e criminalidade.

A história já mostrou e não hesitará em mostrar novamente as consequências decorrentes de quando fingimos não ver ou viramos o rosto em comportamento omissivo diante de fatos que merecem inquestionável enfrentamento.

Diógenes Lucca, é tenente-coronel veterano da Polícia Militar, especialista em Gerenciamento de Crises e Negociação

ES Brasil Digital

Continua após publicidade

Fique por dentro

Agências da Caixa não abrem neste sábado

Diferentemente das últimas três semanas, as agências da Caixa Econômica Federal não abrirão neste sábado (26) para saques do auxílio emergencial e do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS).

Economia: pedidos de seguro-desemprego caem 11,6% na 1ª quinzena de setembro

O custo de cada parcela adicional é estimado em R$ 8,35 bilhões, segundo cálculos da equipe econômica obtidos pelo Broadcast

‘Vamos fazer programa de substituição tributária’, diz Guedes

Ricardo Barros (PP-PR), afirmou ainda que não haverá aumento de carga tributária na proposta de reforma que o governo construirá

Conab avalia que Brasil terá segunda maior safra de café em 2020

O 3º Levantamento da Safra 2020 de Café, divulgado hoje (22), em Brasília, pela Companhia Nacional do Abastecimento (Conab), foi estimado em 61,6 milhões...

Vida Capixaba

Doenças tireoidianas no idoso e a associação entre Covid-19 e a tireoide fazem parte de evento científico

De 30 a 31 de outubro ocorrerá o 19º Encontro Brasileiro de Tireoide (EBT), pela primeira vez online, em razão da pandemia da covid-19....

Cirurgia inédita no Estado para tratar tumores de pulmão

O procedimento é inovador! Chamado de lobectomia uniportal por vídeo, o procedimento será realizado no dia 26 de setembro. 

Farol Santa Luzia e Igreja do Rosário são reabertos com novas regras de visitação

A reabertura dos pontos turísticos capixabas acontece aos poucos e na última quarta feira (23) mais dois, localizados em Vila Velha, reabriram para visitação depois de ficarem fechados por meses, em consequência da pandemia do novo Coronavírus.

Difícil controlar o estresse na pandemia?

Na semana em que se comemora o dia Dia Mundial de Combate ao Estresse (23) resultados de estudos comprovam que nos últimos seis meses, devido à pandemia do COVID, a demanda por medicamentos para estresse, depressão e insônia, aumentou.