25.9 C
Vitória
domingo, 23 junho, 2024

Produtos capixabas correspondem a 20% dos itens de varejista

As duas lojas do Assaí no Espírito Santo contam com 95 fornecedores locais

Por Gustavo Costa

Mesmo com apenas oito meses de atuação no Espírito Santo, o Assaí Atacadista já tem deixado o seu posicionamento de estreitar laços com empresas e produtores capixabas. Durante a apresentação à imprensa da loja de Vitória, nesta quinta-feira (11), o diretor regional Sul e Sudeste da Rede Assaí, Luiz Carlos Araújo Costa falou sobre a estratégia de trazer produtos e valores locais para as lojas da varejista.

- Continua após a publicidade -

Segundo ele, o retorno tem sido muito positivo, já que atualmente, cerca de 20% dos 9 mil produtos nas gôndolas das duas lojas são de fornecedores capixabas. “Em uma praça nova, a gente chega para conhecer os hábitos, o que o consumidor local gosta, os produtos que ele confia. Então trazer o fornecedor da região, com marcas locais, é um caminho que adotamos no Assaí”, frisou.

De acordo com Costa, esse compromisso da rede já é uma marca do Assaí em todo o Brasil, e no Espírito Santo não poderia ser diferente. “A gente já vinha prospectando aqui no Estado, já há bastante tempo. Um dos pontos que contribuem com a grande penetração que temos junto aos consumidores está no fato da regionalização. É uma promessa que a gente tem – estando presentes em quase todos os estados do Brasil – poder levar a marca de cada fornecedor. O nosso modelo de negócio é feito para atender tanto o cliente Pessoa Jurídica, local, quanto o consumidor final”, falou.

O diretor lembra que assim que a rede chegou ao Estado, realizou uma reunião com os fornecedores locais, além das indústrias nacionais também que operam aqui. “Respeitando o mercado, conseguimos levar um preço muito bom. Tudo através de negociações”, disse.

Célula comercial no Estado

Para se ter uma ideia da participação dos produtos capixabas, 80% dos cafés oferecidos nas lojas são do Estado ou possuem uma participação muito forte no mercado local. “Quando você vai lá para o Rio de Janeiro, tem a JBE, e o Café Pilão, muito vendido lá. Aqui é da mesma empresa, mas é uma outra marca: o Café Pelé. Respeita isso, e colocamos o espaço do Pelé para o consumidor. E a rede está sempre aberta para receber essas empresas”, falou gerente comercial da Assaí, Renato Martins.

Essa regionalização inclusive fez a rede a abrir uma célula comercial regional no Estado. “Dado a regionalidade, que é muito forte, buscamos desenvolver esse negócio com os fornecedores regionais. O nosso papel aqui é exatamente fortalecer o mercado regional. É um trabalho cíclico, do dia a dia. A reunião que nós fizemos lá atrás ajudou bastante na aproximação. E agora, com a célula, recebemos e conversamos com os fornecedores”, destacou ele.

A célula fica localizada na unidade da Serra. Os interessados podem buscar a Assaí para uma parceria, e fazendo sentido para a estabelecimento e o produtor, o acordo é fechado.

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

Matérias relacionadas

Continua após a publicidade

EDIÇÃO DIGITAL

Edição 221

RÁDIO ES BRASIL

Continua após publicidade

Vida Capixaba

- Continua após a publicidade -

Política e ECONOMIA