26 C
Vitória
terça-feira, 23 abril, 2024

Passagem do Transcol sobe para R$ 4,50 neste domingo (08)

O contrato de concessão do sistema Transcol, assinado em 2014, prevê reajustes anuais no mês de janeiro

A partir deste domingo (08), a tarifa do Transcol será reajustada em 7,14%, passando de R$ 4,20 para R$ 4,50. O realinhamento de preços é necessário para cumprir o contrato de concessão do sistema, assinado em 2014, que prevê reajustes anuais no mês de janeiro.

Das regiões metropolitanas da Região Sudeste, até o momento, somente o Espírito Santo reajustou a tarifa, que ainda assim é menor do que as tarifas de São Paulo (R$ 5,10) e Belo Horizonte (R$ 6,60), ficando atrás apenas do Rio de Janeiro, cuja tarifa, reajustada em janeiro de 2022, é de R$ 4,45. O último reajuste em São Paulo foi em janeiro de 2020 e, em Belo Horizonte, em janeiro de 2022.

- Continua após a publicidade -

A tarifa promocional aos domingos (pagamento com cartão cidadão) passará de R$ 3,65 para R$ 3,90 e o Bike GV sai de R$ 2,10 para R$ 2,25.

O índice foi apresentado na reunião do Conselho Gestor dos Sistemas de Transportes Públicos Urbanos de Passageiros da Região Metropolitana da Grande Vitória (CGTRAN), colegiado que delibera sobre tarifa, na manhã desta sexta-feira (06), no auditório do Departamento de Edificações e de Rodovias do Espírito Santo (DER-ES), em Vitória. O conselho tem representantes do Governo do Estado, da iniciativa privada e da sociedade civil organizada.

Integração temporal

Atualmente, o Sistema Transcol opera com 1,7 mil veículos na frota e, aproximadamente, 12,7 mil viagens diárias e 600 mil passageiros, por dia, considerando dias úteis. Com tarifa única para todo o sistema, é possível ir de Setiba, em Guarapari, até o Centro de Fundão, percorrendo cerca de 100 quilômetros.

Em 2021, o sistema foi ampliado, passando a operar as linhas que atendem ao município de Vitória. Como a Capital não tem um terminal, foi implantado o sistema de integração temporal que permite aos usuários de Vitória pagar uma tarifa e embarcar em linhas troncais (que vão de terminal a terminal), em pontos e vias pré-estabelecidos. O mesmo conceito foi aplicado para a melhoria da oferta de linhas em Viana, Cariacica e Serra.

Novos ônibus

Desde o início de 2019, o Governo do Estado vem desenvolvendo uma série de ações para modernizar o transporte público da Região Metropolitana da Grande Vitória, entre elas a aquisição de 650 veículos 0km, com ar-

condicionado para a frota do Sistema Transcol. Além disso, em 2022, foram adquiridos quatro ônibus elétricos que estão sendo testados e que, se aprovados, serão importantes para o programa de carbono zero do Estado.

Fórmula paramétrica

No contrato de Concessão do Transcol, está definido que os reajustes da tarifa são anuais e obedecem a uma fórmula de cálculo que leva em consideração custos, como mão de obra, combustível e veículos. Desde o último reajuste, em janeiro de 2022, a variação foi de 10% para salários; em média, 24,36% para o diesel; 20,52% para veículos; e 5,99% do IGP-DI.

A fórmula é constituída de um conjunto de índices de variações de preços dos principais insumos utilizados na produção e prestação dos serviços do Transcol, distribuídos da seguinte forma: 20% da variação do preço do litro de óleo diesel; 16% da variação dos veículos; 54% da variação dos salários de motoristas e cobradores; 10% da variação do IGP-DI (Índice Geral de Preços – Disponibilidade Interna), calculado e publicado pela Fundação Getúlio Vargas (FGV).

A soma das variações desse conjunto de índices de preços, ponderado pelo peso de cada tipo de insumo, resulta no índice de variação do valor da tarifa que é parcialmente paga pelos usuários e parcialmente paga por meio de subsídios do Governo do Estado.

Com informações da Ceturb-ES. 

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

Matérias relacionadas

Continua após a publicidade

EDIÇÃO DIGITAL

Edição 220

RÁDIO ES BRASIL

Continua após publicidade

Vida Capixaba

- Continua após a publicidade -

Política e ECONOMIA