22.7 C
Vitória
terça-feira, 16 abril, 2024

Mulheres capixabas poderão acessar linha de crédito para empreender

As mulheres capixabas que desejam abrir seu próprio negócio poderão utilizar uma linha de crédito criada pelo Sebrae e a Caixa

Por Amanda Amaral 

As mulheres capixabas que desejam empreender poderão ter acesso a uma linha de crédito elaborada especialmente para elas, principalmente, para as que estão em situação de mais vulnerabilidade e que são beneficiárias do Auxílio Brasil.

- Continua após a publicidade -

Chamada de Caixa Pra Elas – Empreendedoras, a iniciativa, que vale também para outros estados brasileiros, foi elaborada pela Caixa Econômica Federal em parceria com o Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Espírito Santo (Sebrae).

Critérios para o acesso

Cada linha será de R$ 1.000,00 e o recurso será disponibilizado até o dia 19 de novembro, conforme a análise de crédito realizada pelo banco. Além disso, a interessada deverá ser ou se tornar uma Microempreendedora Individual (MEI), realizar um curso do Sebrae/ES apresentando certificado de conclusão e, depois, procurar a Caixa para acessar os serviços financeiros disponíveis.

O objetivo é estimular a independência financeira de mulheres por meio do empreendedorismo. De acordo com o Sebrae/ES, a instituição se preparou para atender às mulheres e contribuir para que elas consigam a linha de crédito junto à Caixa.

“Nós estamos prontos para contribuir com a formalização dessas empreendedoras, para que elas possam atuar como Microempreendedoras Individuais; além da capacitação com cursos on-line e gratuitos – que serão oferecidos pelo Sebrae, uma exigência da Caixa para obter a linha de crédito Caixa Pra Elas – Empreendedoras”, explica Patrícia Queiroz Fontes, analista do Sebrae no Espírito Santo.

Formalização da empreendedora

Para conseguir acessar à linha de crédito, é necessário cumprir dois passos. O primeiro deles é a formalização, sendo necessário que a empreendedora tenha o interesse em se tornar uma MEI. Além de buscar por ajuda em todas as unidades do Sebrae/ES e nas Salas do Empreendedor, essas mulheres também podem encontrar apoio via atendimento pelo telefone 0800 570 0800, que funciona 24 horas.

Capacitação

A segunda etapa para as empreendedoras será de capacitação junto com o Sebrae/ES. Para contribuir com essa formação está sendo oferecida uma série de cursos online e gratuitos que vão ajudar essas mulheres a organizarem seus negócios. De acordo com o Sebrae, já estão disponíveis no site da instituição cursos que contribuem ainda mais para a formação empresarial das mulheres.

“Esses cursos já estão disponíveis na nossa plataforma online e serão ampliados por meio dos nossos pontos de atendimentos regionais. Todas as agências da Caixa estão preparadas para essas mulheres e para apresentar as melhores condições de acesso ao crédito, com melhoria de seus empreendimentos”, relata Fontes.

mulheres capixabas
O Sebrae/ES disponibiliza cursos e consultorias sobre empreendedorismo gratuitamente. Foto: Divulgação Sebrae/ES

Customização da linha de crédito

Às mulheres empreendedoras que passarem pela orientação do Sebrae/ES, a Caixa ofertará isenção de seis meses na cesta de serviços, além de atendimento especializado nas agências com o Caixa Pra Elas – Empreendedoras, dentre outros serviços.

Essas linhas de crédito, segundo a Caixa, ainda serão customizadas para melhor atender às necessidades de acordo com cada perfil, seja empreendedora informal, recém-formalizada ou já formalizada há mais de 12 meses. De imediato, o crédito oferecido é de até R$ 1 mil, mas, após três meses, será possível realizar a antecipação de recebíveis ou da maquininha, de acordo com o faturamento e análise de crédito.

Segundo a Caixa, conforme o tempo de atividades a empreendedora poderá contar com de até R$ 300 mil, por meio do Programa Nacional de Apoio às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte (Pronampe), FAMPE e outras linhas de crédito disponíveis.

 

 

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

Matérias relacionadas

Continua após a publicidade

EDIÇÃO DIGITAL

Edição 220

RÁDIO ES BRASIL

Continua após publicidade

Vida Capixaba

- Continua após a publicidade -

Política e ECONOMIA