24 C
Vitória
segunda-feira, 10 agosto, 2020

Medidas de distanciamento social podem durar até 2022, segundo pesquisa

Leia Também

Nova etapa do inquérito sorológico em Vitória

Nesta segunda-feira (10), teve início mais uma etapa do inquérito sorológico da Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) em Vitória, ao todo serão realizados...

211 vagas de emprego em Cariacica

Os munícipes têm a ajuda da Agência do Trabalhador, que esta semana está divulgando 211 vagas, sendo 55 são destinadas à Pessoa com Deficiência...

Estimativa para Selic no fim de 2020 permanece em 2,00% ao ano no Focus do BC

Os economistas do mercado financeiro mantiveram suas projeções para a Selic (a taxa básica da economia) no fim de 2020. O Relatório de Mercado...

Segundo estudo publicado na revista científica Science, caso não haja vacina, medidas de distanciamento social serão prolongadas ou intercaladas

É possível que as medidas de isolamento social se prolongue, segundo estudo liderado por cientistas da Escola de Saúde Pública da Universidade Harvard, divulgado no dia 14 de maio, na revista científica Science.

De acordo com a pesquisa, caso não haja alguma vacina ou um tratamento aprimorado até 2022, medidas de distanciamento social prolongadas ou intercaladas deverão ser tomadas para a contenção da pandemia do novo coronavírus (Sars-Cov-2).

Para chegar ao resultado, os cientistas usaram dados sobre a Covid-19 e doenças causadas pela família coronaviridae. Desta forma, as expectativas de alguns governos, como dos Estados Unidos, de que a pandemia seria controlada ainda este ano foi descartada.

Outro fator que os pesquisadores levaram em consideração é o fato ainda não estar claro para os médicos se é possível que haja uma reinfecção pelo vírus. Com isso, a estimativa para o avanço da Covid-19 se estendeu para até 2025.

Não é hora de relaxar

As medidas de proteção deverão prosseguir enquanto durar a epidemia. Segundo o médico infectologista, certificado pelo Instituto de Infectologia Emilio Ribas, Eduardo Pandini, as medidas de restrição de circulação de pessoas adotadas em outros países funcionam para controlar a disseminação do vírus, desde que as pessoas as obedeçam.

“Só que elas não podem durar para sempre, então a tendência dos países europeus foi implementar restrições muito duras por um período e reduzir muito a velocidade de disseminação da doença, e depois ir reabrindo as atividades aos poucos, devagar e de forma controlada. Por isso existe a possibilidade de que algumas das medidas restritivas (não todas) se mantenham até 2021 ou 2022, na pior das hipóteses. Mas é importante ressaltar que essa reabertura gradual na Europa e na Ásia está sendo possível porque as medidas duras que eles implementaram no começo foram eficazes em conter o aumento no número de casos. No Brasil, ainda não é hora de reabrir as atividades porque estamos na fase de aumento rápido no número de casos. Quando a quantidade de casos novos começar a diminuir, poderemos reabrir aos poucos e de forma segura”, diz o médico.

Pandini afirma que em caso de descoberta de uma vacina ou um medicamento que ajude a curar os sintomas, é possível que as pessoas precisem continuar com as medidas de distanciamento social por um tempo até o vírus parar de circular entre a população.

“Produzir uma vacina e distribuir para todo país demora um tempo, não vai ser instantâneo. O mesmo vale para um medicamento. Quanto mais casos tivermos, mais remédios ou vacinas teremos que distribuir, tornando o processo mais caro e demorado”, finalizou o infectologista.

Continua após a publicidade
Continua após publicidade

Fique por dentro

Balança comercial tem superávit de US$ 8,060 bilhões em julho

O resultado de julho foi mais do que o dobro registrado no mesmo mês do ano passado, quando foi positivo em US$ 2,391 bilhões

Educação é a maior despesa dos municípios capixabas

Levantamento da 26ª edição do anuário Finanças dos Municípios Capixabas, da Aequus Consultoria, publicado em julho de 2020, traz um apanhado detalhado da gestão...

Iluminação de Vila Velha: confira resultado do leilão

O parque de iluminação pública de Vila Velha (ES) será ampliado e modernizado pelo Consórcio SRE – IP Vila Velha, pelos próximos 20 anos.

Dia dos Pais: 47,8% das pessoas comprarão presentes on-line

De acordo com uma pesquisa, 57,6% das pessoas entrevistadas pretendem celebrar o Dia dos Pais; 21,5% ainda estão na dúvida sobre comemorar ou não.

Vida Capixaba

Mostra on-line de arte e cultura em Vitória

A distância dos palcos não impediu que os alunos dos espaços culturais da Secretaria Municipal de Cultura (Semc) se apresentassem ao público em 2020. Durante...

Dia internacional da cerveja: mulheres ganham cada vez mais espaço

Apesar de ainda sofrerem preconceito, mulheres estão cada vez mais conquistando espaço no meio cervejeiro. A data é comemorada sempre na primeira sexta-feira de agosto,...

Curso gratuito de gestão

Empresa de tecnologia lançou o treinamento para formação de gestores com foco ERP devido a carência de bons gestores com capacidade para desenvolver o...

Espaço Baleia Jubarte reaberto

O Projeto Baleia Jubarte e a Secretaria Municipal de Meio Ambiente, junto com o Projeto TAMAR, prepararam um protocolo de segurança específico para o Espaço Baleia Jubarte e Centro de Visitantes
Continua após publicidade