Quando e como um loteamento pode ser considerado um investimento?

Gustavo Barbeitos da Gama é formado em Engenharia Civil pela UFMG e presidente da loteadora Soma Urbanismo. - Foto: Divulgação

O lote só se torna um investimento realmente se o comprador tiver certos objetivos bem definidos

Por conceito, um investimento é quando utilizamos uma quantia em dinheiro ou títulos com a expectativa de receber algum retorno futuro superior ao valor aplicado. Agora, quando saber se o lote virou uma boa aposta de investimento?

No mercado imobiliário, investir em terras e loteamentos é uma das formas de aplicação do seu dinheiro na busca por uma rentabilidade, seja ela a médio ou longo prazo.  Um dos principais motivos que faz do investimento uma alternativa mais viável é o custo mais baixo na comparação com imóveis prontos, com o objetivo de ter lucro na compra. O lote é visto como um patrimônio versátil e seguro, em que você pode construir a sua casa do jeito que sonhou e conforme a necessidade.

Além disso, ter um lote também oferece maior liberdade de planejar e personalizar a planta do imóvel e construir dentro do tempo que se programar. São vários benefícios! Mas apesar de tantos pontos positivos, o lote só se torna mesmo um investimento se o comprador tiver certos tipos de objetivos. Por isso, é necessário avaliar alguns pontos importantes.

Para ter noção da valorização do loteamento ao longo do tempo, é preciso ter um conhecimento técnico da região que ele está localizado, bem com entender um pouco sobre as projeções econômicas do mercado imobiliário. Dessa forma, é possível evitar a perda de dinheiro e aumentar cada vez mais seu patrimônio.

Uma sugestão é escolher regiões que estão em desenvolvimento, já que, nelas, o lote pode valer muito mais em poucos anos. Com a chegada de novos moradores e de um novo bairro planejado, mais estabelecimentos comerciais se instalarão.

Além de um olhar atento na valorização, para ter a certeza de que o loteamento será um bom investimento, o comprador, mesmo que não almeje morar no imóvel, pode construir e adaptá-lo às suas necessidades e expectativas financeiras.

A cada nova melhoria na construção, mais valor vai sendo agregado ao seu investimento.

E isso pode ser bem benéfico, caso o comprador escolha vender uma casa nesse lote ou alugar para uma empresa, já que é uma excelente e rentável forma de não deixar o investimento parado.

Se você almeja mais investimentos, investir em um lote pode ser um pontapé para isso.

Isso porque ao aumentar o patrimônio do proprietário, o lote ao mesmo tempo facilita a obtenção de linhas de crédito, financiamento e demais serviços financeiros. O que vem a possibilitar o ingresso em novos investimentos, como comprar novos imóveis ou começar um negócio próprio. É um investimento que você faz que, por consequência, gera alguns novos.


Gustavo Barbeitos da Gama é formado em Engenharia Civil pela UFMG e presidente da loteadora Soma Urbanismo. Começou empreendendo em casas populares e fundou a Soma Urbanismo, em 2009, em São Mateus. Acumula conhecimento e experiência relacionados ao investimento imobiliário no interior.

Conteúdo Publicitário