Filmes para aprender a lidar com as finanças

Os audiovisuais servem também para ensinar a como lidar com certas situações da vida, como as finanças (Foto - Shutterstock)

De histórias inspiradoras a grandes lições práticas, confira uma lista de obras que podem transformar a sua visão sobre finanças

Dizem que o ser humano costuma aprender com os próprios erros. De fato, quando cometemos alguma falha, a tendência é agir para que ela não se repita. No entanto, também é possível aprender com os erros dos outros. Nesse sentido, até mesmo a ficção é capaz de trazer valiosas lições, até sobre finanças. Por esse motivo, preparamos uma lista com filmes e documentários que podem ensinar novas formas de lidar com o dinheiro.

“Os documentários e filmes podem servir de auxílio para entender como funcionam alguns mecanismos da economia, quais os riscos e dificuldades quando se trata de dinheiro e, principalmente, organizar a vida financeira. Apesar disso, somente assistir aos filmes não basta, eles devem servir de incentivo e ponto de partida para a busca de mais informações e conteúdo sobre assuntos relacionados à educação financeira”, afirma Marcela Kawauti, economista-chefe do SPC Brasil.

Conheça as opções e o que elas podem trazer como ensinamento

À procura da felicidade (The pursuit of happiness, 2006)

O filme conta a história de Chris Gardner, famoso empresário e investidor norte-americano que passou por maus bocados ao longo da vida. Interpretado por Will Smith, Gardner viveu em pobreza extrema, foi despejado, precisou dormir na rua e fazer esforços para conseguir um estágio não remunerado em uma renomada corretora de investimentos.

Sua história deixa uma mensagem de persistência e perseverança para colher bons resultados. “O personagem de Will Smith demonstra confiança em si e em seus objetivos mesmo passando por situações desesperadoras, nunca deixando para trás seus valores e sua integridade”, comenta Marcela.

O lobo de Wall Street (The Wolf of Wall Street, 2013)

Estrelado por Leonardo DiCaprio, esse filme é baseado em uma história real e conta a trajetória de Jordan Belfort, um corretor da bolsa de valores que construiu um império e acumulou riquezas de maneira ilícita e sem nenhum escrúpulo. Geralmente, as adaptações para o cinema incluem várias cenas que não aconteceram de verdade e servem para trazer uma riqueza dramática ao filme, mas no caso de O lobo de Wall Street, estima-se que quase 90% dos acontecimentos sejam fiéis à realidade, por mais loucos que pareçam.

Quem assiste ao filme consegue entender um pouco mais sobre o funcionamento da bolsa de valores, as fraudes que podem acontecer e, claro, dá para ter um vislumbre de parte dos riscos envolvidos em transações financeiras. Fica a dica para refletir sobre a importância da segurança e da credibilidade durante os investimentos!

Até que a sorte nos separe (2012)

Essa comédia nacional provocou muitas risadas graças às atuações icônicas de nomes como Leandro Hassum e Danielle Winits. Também pode ser um grande exercício de reflexão. Inspirado no best seller da educação financeira Casais Inteligentes Enriquecem Juntos, de Gustavo Cerbasi, o filme conta a história de um personal trainer que fica milionário da noite para o dia ao ganhar na loteria.

Vivendo uma vida luxuosa e desregrada ao longo dos anos, Tino, o personagem de Hassum, descobre que está à beira da falência e precisa se virar para esconder a derrocada da família enquanto tenta arrumar uma solução.

A principal lição do filme é sobre o controle do orçamento, já que mesmo quantidades enormes de dinheiro podem acabar muito rapidamente se não forem bem administradas. Além disso, a comédia também traz uma dica muito importante para os casais: a confiança é fundamental e casal que não conversa sobre dinheiro, não prospera.

A Grande Aposta (The Big Short, 2015)

Um elenco de peso, com nomes como Christian Bale, Brad Pitt e Ryan Gosling, para contar mais uma história baseada em acontecimentos reais. Pouco tempo antes da crise imobiliária que devastou a economia americana em 2008 e reverberou sobre toda a economia mundial, o empresário interpretado por Bale conseguiu identificar os riscos e investiu mais de US$ 1 bilhão de dólares “apostando” contra o mercado. Dessa forma, o colapso econômico que prejudicou a maioria, foi o responsável por criar uma fortuna para o empresário e outros investidores oportunistas.

“Mesmo em tempos de crise existem oportunidades ocultas. Para poder encontrá-las e, principalmente, evitar ter prejuízos, sempre que possível é importante verificar por conta própria as informações que estão sendo divulgadas e ter o senso crítico de analisar o movimento que o mercado como um todo vem seguindo”, aconselha Marcela.

Grande demais para quebrar (Too Big to Fail, 2011)

Esse filme foi produzido para mostrar a crise econômica de 2008 sob a perspectiva de Henry Paulson, então Secretário do Tesouro americano. Por trás das quebras dos grandes bancos e das transações bilionárias que chegam ao conhecimento público através dos noticiários, existe muita articulação política e uma tentativa de controlar as reações do mercado.

“Interessante para entender que nem sempre os fatores matemáticos e racionais são determinantes diante dos acontecimentos financeiros. Isso é a percepção de risco que nem sempre os investidores têm”, comenta José Vignoli, educador financeiro do SPC Brasil.

Como sobreviver com apenas 1 dólar por dia? Conheça essa experiência radical de lidar com as finançasVivendo com um dólar (Living on One Dollar, 2013)

Esse é um daqueles documentários que fazem a gente engolir seco ao assistir. Estima-se que mais de um bilhão de pessoas no mundo todo (sobre)vivam com menos de um dólar por dia. Para retratar essa situação e chamar a atenção para essa realidade, quatro jovens americanos se desafiam a abandonar suas vidas confortáveis para passar 56 dias com menos de um dólar por dia.

O destino foi um pequeno vilarejo na Guatemala e a experiência como um todo é muito impressionante. Por outro lado, o documentário estimula os espectadores a refletirem sobre seus gastos desnecessários e os luxos e privilégios que temos sem nem mesmo reconhecê-los.

Freakonomics (2010)

Freakonomics é um documentário bastante polêmico. Seus criadores ficaram famosos ao escreverem um livro de mesmo título e decidiram repetir a fórmula, dessa vez com o conteúdo audiovisual. Tanto no livro quanto no filme, são discutidas diversas questões presentes no cotidiano, como a criminalidade, a origem da corrupção, o volume de informações e até a legalização do aborto.

O diferencial deste documentário é que ele traz essas e mais questões discutidas sob um viés econômico, dando uma aula de macroeconomia, ou seja, demonstrando por meio de argumentos como os fenômenos globais podem ser explicados ou analisados de acordo com aspectos da economia.

Esse documentário publicado no YouTube mostra como o mundo da economia e finanças gira.Como funciona a máquina econômica? (How the economic machine works)

O último item da nossa lista está disponível no YouTube e tem apenas 30 minutos de duração. Mas não se deixe enganar: em meia hora, você vai receber uma lição preciosa sobre os princípios da economia básica.

O material esclarece sobre alguns conceitos básicos da economia, simplificando o seu entendimento e desmistificando a ideia de que é um assunto complicado ou adequado apenas para os especialistas. Ele traz dicas valiosas, por exemplo, sobre como administrar bem a sua economia para que até mesmo os períodos de recessão sejam encarados com tranquilidade.

leia também
Conteúdo Publicitário