29.3 C
Vitória
terça-feira, 14 julho, 2020

ES é o único do Brasil a alcançar nota A

Leia Também

Vila Velha tem maior verba em educação entre grandes redes de ensino do ES

Das cinco maiores Redes Municipais de Ensino do Espírito Santo, considerando ter mais de 25 mil alunos matriculados, a cidade foi a que apresentou o maior índice de aumento no aporte destinado à área: 13,1% na comparação entre os exercícios de 2018 e 2019. 

MME mantém recomendação para extinguir horário de verão

Medida foi pouco efetiva nos últimos anos, diz nota técnica. Saiba mais! O Ministério de Minas e Energia (MME) manteve a recomendação de não se...

Gilmar Mendes diz não ter atingido honra das Forças Armadas

Ministro do STF divulgou nota na manhã desta terça-feira. Confira! O ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), disse hoje (14) que respeita as...

O Espírito Santo foi o único estado do país a alcançar nota máxima “A” do Tesouro Nacional no Boletim de Finanças. O resultado foi divulgado nesta segunda-feira (12). O boletim funciona como uma forma de ranking dos Estados que mais bem cuidam das contas. A avaliação vai de “A” a “D”.

Na edição de 2017, o Estado também obteve nota A do Tesouro Nacional dividindo o topo do ranking com o Pará. Mas nesse ano, foi o único a alcançar a nota máxima. Em coletiva de imprensa nesta terça (13), o governador Paulo Hartung destacou que o Estado enfrentou a crise financeira que atingiu o Brasil nos últimos três anos resolvendo as prioridades.

“Nós sofremos o impacto do alto desemprego, fomos altamente atingidos com a crise do petróleo e gás, mas conseguimos pagar os fornecedores e funcionários sem fazer endividamento. Tivemos uma boa equipe para analisar questões e enfrentar os problemas. Montamos uma estratégia para acabar com as dívidas, fizemos cortes necessários e focamos na educação e na saúde”, explicou o governador.

O boletim do Tesouro Nacional mostrou que a situação fiscal dos estados é dramática. A maior parte deles está com os gastos fora de controle. Em todo o Brasil, 14 estados receberam notas C ou D. Ou seja, a situação fiscal é tão ruim que eles não tem condições para ter acesso a financiamento da união.

O Rio de janeiro, com a pior nota D, está em estado de calamidade financeira desde junho de 2016. A situação do Rio Grande do Sul, Rio Grande do Norte, Minas Gerais e Goiás é complicada. As notas A e B indicam uma boa situação fiscal. E. nesse grupo que já é menor, só o Espírito Santo tem nota A.

Ranking

Para compor o ranking dos Estados, a Secretaria do Tesouro Nacional (STN) avaliou as contas públicas de 2017 com base em três indicadores: endividamento, poupança corrente e liquidez. Esse último quesito informa que o caixa do Estado é suficiente para honrar as obrigações financeiras. Em todas elas o Espírito Santo ganhou nota A.

“O Espírito Santo é o Estado brasileiro com os melhores resultados em capacidade de pagamento de sua dívida, capacidade de geração de poupança e capacidade de pagar suas obrigações financeiras com sua disponibilidade de caixa. Mais uma vez essa avaliação é resultado do nosso equilíbrio fiscal”, avaliou o secretário da Fazenda, Bruno Funchal.

A STN usa a nota obtida pelos Estados como critério para obtenção de garantias da União para a contratação de novos empréstimos. Dessa forma, somente os Estados que obtiverem notas finais A ou B poderão obter o aval do Governo Federal.

“É um selo de confiança. Nos dá o aval do Governo Federal para a obtenção de linhas de financiamento, com taxas de juros mais baixas, além de ser fator que orienta a atração de novos investimentos para o Estado”, explica.

Reflexos

O secretário destaca que a classificação do Tesouro Nacional reflete aquilo que os capixabas percebem no dia a dia.

“Sentimos esse resultado no nosso dia a dia, uma vez que o Espírito Santo tem suas despesas controladas, paga em dia o salário dos servidores e os seus fornecedores e amplia a execução de investimentos com recursos próprios, além de deixar recursos em caixa para o próximo governo, enquanto Estados vizinhos não conseguem pagar a folha em dia. Esse é um um legado dessa administração”.

Para o governador, o bom resultado é reflexo da organização. Ainda mais no momento de transição de governo.

“Vamos entregar o governo com as contas em dia e colocando o estado no topo do Brasil. Isso nos deixa feliz já que abre as portas para novos investimentos, que geram emprego e renda para os capixabas. Estamos estabilizados e temos uma imagem nacional positiva. É uma conquista para todos nós”, concluiu.

Continua após a publicidade

ES Brasil Digital

Continua após publicidade

Fique por dentro

Chefe ou líder? O que você é?

Entende-se que uma das características mais importantes de um líder é desenvolver uma equipe que seja capaz de funcionar sem ele

Tecnologia faz produção de café conilon “pocar” no Norte do ES

Quem apostou em sistemas de irrigação modernos, aliados ao manejo correto integrado, já começa a colher os primeiros frutos de uma tecnologia que veio para ficar.

Feirão Limpa Nome: seis passos antes de renegociar!

Mas antes de ir para a etapa de negociações é importante que o consumidor conheça seus números e faça uma faxina financeira.

CNI: confiança dos empresários da indústria melhora pelo 3ª mês seguido em julho

As expectativas com relação aos próximos seis meses já são otimistas", destacou a CNI, no documento. Confira! Por Eduardo Rodrigues (AE) Após bater no fundo do...

Vida Capixaba

Bares, restaurantes funcionam com horário diferenciado

Renato Casagrande fez o comunicado e explicou que os horários foram alterados, conforme a matriz de risco definida pelo governo estadual.

INSS começa teste de prova de vida digital com 550 mil beneficiários

Num primeiro momento, o mecanismo será feito por meio de reconhecimento facial, com o uso da câmera do celular, para quem já tem carteira de motorista ou título de eleitor digital.

Desafios do mercado audiovisual será tema de live

No bate-papo virtual também vão estar em pauta os desafios do mercado audiovisual e a experiência de Abel Santana no mundo das artes.

Saque emergencial FGTS liberado para os nascidos em março. Como sacar?

O valor do saque é de até R$ 1.045, considerando a soma de todas as contas do FGTS do trabalhador. Nesta etapa, poderão ser pagos até R$ 3,3 bilhões. 
Continua após publicidade