21 C
Vitória
quarta-feira, 6 julho, 2022

Eduardo Bolsonaro questiona TSE sobre exigência de vacina para votar

ESBrasil-eduardo-bolsonaro
Eduardo Bolsonaro. Foto: Divulgação

Até o momento, não há definição do TSE sobre a obrigatoriedade do comprovante de vacina para votar

Por Rayssa Motta (Agência Brasil)

A menos de oito meses das eleições, o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) enviou um pedido formal de informações ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para saber se haverá exigência do comprovante de vacinação contra a covid-19 nos locais de votação.

Em sua consulta, o filho do presidente Jair Bolsonaro (PL) também pergunta se os Tribunais Regionais Eleitorais (TREs), assim como governadores e prefeitos, terão autonomia para estabelecer critérios sanitários para o ingresso dos eleitores nos ambientes de votação, especialmente em relação à obrigatoriedade do passaporte da vacina.

O documento foi enviado ao TSE no último dia 31 e distribuído ao gabinete do ministro Edson Fachin, que na próxima terça-feira, 22, assume a presidência do tribunal pelos próximos seis meses.

Até o momento, não há definição do TSE sobre a obrigatoriedade do comprovante de vacina para votar. O atual presidente da Corte, ministro Luís Roberto Barroso, disse no mês passado que as medidas sanitárias recomendas serão tomadas ‘na ocasião própria, com a consultoria de especialistas’.

No caso de uma eventual cobrança do passaporte de vacina, o próprio presidente corre o risco de ser barrado no local de votação. Bolsonaro ainda não foi imunizado.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Continua após publicidade

Fique por dentro

Vida Capixaba

Continua após publicidade