25.9 C
Vitória
segunda-feira, 24 junho, 2024

Dia do Circo: Artista revela como digital mudou forma de fazer arte

Sócio, diretor artístico e mágico do Circo Barcelona, Danilo Oliveira compartilhou com a ES Brasil os desafios e inovações na arte circense contemporânea

Por Mariah Friedrich

Nesta quarta (27), o Brasil celebra o Dia Nacional do Circo, uma mais antigas das formas de entretenimento do mundo. Em um cenário cada vez mais digital e tecnológico, o circo está se reinventando para competir com várias opções de entretenimento digital. É o que aponta o diretor artístico, mágico e sócio do Circo Barcelona, Danillo de Oliveira, que compartilhou como tem enfrentado esses desafios para manter viva essa tradição.

- Continua após a publicidade -

Danillo ressalta que, antes mesmo da televisão existir, o circo já era o principal entretenimento para muitas pessoas. “Desde o surgimento da TV, o circo foi incorporando coisas que a indústria cultural trouxe no digital, como as cores e efeitos, então foi avançando junto com a sociedade e sempre vem se modernizando.

Dia do Circo: Artista revela como digital mudou forma de fazer arte
Número aéreo – Foto: Reprodução/ Circo Barcelona

Antigamente os artistas trabalhavam com menos brilho, hoje usamos LED, aparelhos de laser, pisca-pisca para continuar a criar experiências envolventes para o público”, explica o artista, que observou a necessidade de aprender novas habilidades para se destacar em um mercado cada vez mais competitivo e diversificado.

“A internet tem sido imbatível, muitas coisas exclusivas do circo podem ser encontradas no celular, até o segredo dos números de mágica e isso atrapalha muito, mas a gente vai se adaptando com iluminação, som de ótima qualidade, oferecendo conforto para o público”, compartilha Danillo Oliveira.

Apesar das mudanças, o circo preserva suas tradições e raízes culturais, mantendo elementos clássicos como palhaços, mágicos, acrobatas, malabaristas. “As tradições continuam nos números há milhares de anos”, apontou. Ele enfatiza que a formação de um artista circense tradicional leva anos e é uma herança que muitas vezes vem de berço, transmitida de geração em geração.

“São horas, anos de treino para aprender um número tradicional de circo. Nossas crianças a partir de cinco, seis anos de idade começam a treinar números de mágica, palhaçaria, contorcionismo, porque para ficar bom mesmo são muitos anos, tem que vir de berço. Nem todo circo tem esse pensamento, muitos querem só o lucro, mas nós queremos manter a essência com os números tradicionais para preservar a tradição”, declara Danillo.

O principal conhecimento exigido pelo cenário de entretenimento digital é a produção de conteúdo e marketing nas redes sociais, segundo o artista. Internet é usada para divulgar e traz o desafio de apresentar esse trabalho de forma atrativa, mas a divulgação de rua continua sendo a principal forma de chamar o público.

Dia do Circo: Artista revela como digital mudou forma de fazer arte
Circo Barcelona preserva tradição com números clássicos – Foto: Reprodução/ Instagram @circobarcelona

Apesar dos desafios, o diretor artístico, mágico e sócio do Circo Barcelona expressou confiança na resiliência da arte a circense para continuar encantando pessoas de todas as idades.

 

“Poderia ter mais apoio do governo para fazer a estrutura funcionar com mais rapidez, o circo chega na cidade e precisa de luz e água e precisa esperar até conseguir esse acesso. Então, o circo trabalha sem apoio nenhum, traz o público na raça e para mim jamais morrerá. Vai se adaptar, da mesma forma que outras formas de entretenimento, só precisamos a aprender a usar as novas tecnologias para sobreviver”, completa Danillo. 

O Circo Barcelona está atualmente em Vila Velha, na Avenida Álvares de Azevedo, portal de Riviera da Barra, e tem espetáculos diariamente às 20h, pelo valor de R$ 9,99 (geral). Aos sábados, o público também pode conferir a sessão adicional de 18h.

Serviço

Circo Barcelona
Segunda a segunda, às 20h. Sessão extra aos sábados, às 18h
Avenida Álvares de Azevedo, portal de Riviera da Barra, Vila Velha
R$ 9,99 (geral)

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

Matérias relacionadas

FIQUE POR DENTRO

Continua após publicidade

Vida Capixaba

- Continua após a publicidade -