22.1 C
Vitória
sexta-feira, 12 agosto, 2022

Dengue: é importante estar atento aos sintomas

esbrasil_aedes_aegypti
O mosquito Aedes aegypti transmissor da dengue. Foto: Divulgação/Fiocruz

Em 2021, já foram registrados mais de 14 mil casos de dengue, segundo a Sesa

Por Wesley Ribeiro 

Com a chegada do verão 2021/2022 e a temporada de chuvas, frequentemente os casos de dengue aumentam no Espírito Santo. Entretanto, antes mesmo do verão, já foram registrados mais de 14 mil casos em 2021, segundo a Secretaria Estadual de Saúde (Sesa). Por isso é importante ficar atento aos sintomas da doença e procurar a Unidade de Saúde mais próxima.

Febre alta, dor de cabeça, dor nos olhos, dores nas articulações, músculos e muito cansaço. Estes são os sinais mais comuns da doença, contudo, o indivíduo também pode sentir náuseas, falta de apetite, dor abdominal e até diarreia e vermelhidão na pele.

De acordo com a Sesa, a forma mais grave da doença, transmitida pelo Aedes aegypti, é a hemorrágica que pode ocasionar a morte do paciente.

Os sintomas da doença podem durar de três a oito dias e estes demoram em média, uma semana para melhorar. A pessoa doente deve repousar e ingerir bastante líquido como água, sucos naturais ou chá e não tomar refrigerantes.

Quanto a antitérmicos e analgésicos que contém em sua fórmula ácido acetilsalicílico, como a aspirina, também devem ser evitados. A recuperação costuma ser total.

Casos

esbrasil_agua_parada_dengue
O mosquito Aedes aegypti se reproduz em água parada e limpa. Foto: Divulgação/Sesa

O Espírito Santo registrou de janeiro a outubro deste ano, 14.739 casos de dengue. Os dados podem ser conferidos no boletim semanal divulgado pela equipe do Núcleo Especial de Vigilância Ambiental, da Secretaria da Saúde (Sesa), na quinta-feira, 23 de dezembro.

O boletim informa ainda a incidência de Chikungunya e zika. Foram confirmados 3.048 e 915 casos, respectivamente, no mesmo período.

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

Entre para nosso grupo do Telegram

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Continua após publicidade

Fique por dentro

Vida Capixaba

Continua após publicidade