25.5 C
Vitória
segunda-feira, 17 janeiro, 2022

Cidadão volta ter voz no plenário da Ales

A Tribuna Popular realizada na Assembleia Legislativa do Espírito Santo (Ales) realizou sua última atividade em março do ano passado

Por Josué de Oliveira

Depois de ficar mais de um ano suspensa por causa da pandemia causada pelo novo coronavírus, a Tribuna Popular da Assembleia Legislativa do Espírito Santo (Ales) está de volta a partir da próxima segunda-feira (6).

A última realização foi em 2 de março de 2020, um pouco antes de a Covid-19 ser classificada pela Organização Mundial da Saúde (OMS) como pandemia.

O retorno da Tribuna Popular foi solicitado pelo deputado Sergio Majeski (PSB) por meio de requerimento atendido verbalmente pelo presidente da Casa, Erick Musso (Republicanos).

No retorno da Tribuna Popular, são esperados dois convidados. O primeiro é André de Souza Amado Alves, representante da Associação dos Madeireiros de Santa Teresa.

Indicado pelo deputado Hudson Leal (Republicanos), Alves abordará a importância e versatilidade do eucalipto, que pode ser usado com múltiplos fins: energia, papel e celulose, laminação, serraria e outras utilidades pouco conhecidas pelas pessoas em geral.

A convite do deputado Doutor Hércules (MDB), o coordenador do Núcleo Otacílio Coser de Apoio às Organizações da Sociedade Civil, Carlos Ajur, explanará sobre o trabalho realizado pelo espaço.

O núcleo foi inaugurado em setembro, na Assembleia Legislativa (Ales), para atuar em parceria com as entidades, capacitando e garantindo melhorias no atendimento prestado à população.

A Tribuna Popular acontece na primeira segunda-feira de cada mês. Os oradores são indicados pelos parlamentares, que só podem fazer uma sugestão por sessão.

Cada orador tem até 15 minutos para discursar e os participantes não podem fazer uso da tribuna mais de uma vez no mesmo semestre.

 

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Continua após publicidade

Fique por dentro

Vida Capixaba

Continua após publicidade