27.2 C
Vitória
sexta-feira, 23 abril, 2021

Casagrande pede apoio de prefeitos para enfrentar Covid-19

Ao todo, 68 prefeitos participaram do encontro virtual

Prefeitos de diversos municípios do Espírito Santo estiveram reunidos virtualmente nesta terça-feira (6) com o governador do Estado, Renato Casagrande para alinhar medidas de enfrentamento à Covid-19.

Durante o encontro, o governador Renato Casagrande destacou três pontos importantes que devem ser reforçados pelos prefeitos: testes em massa, vacinação e o uso de máscara.

“Nós distribuiremos testes rápidos para que possamos identificar e isolar quem testar positivo e as pessoas que tiveram contato com ela. Também peço atenção aos prefeitos, para que verifiquem se há vacinas que não foram aplicadas e fazer a aplicação das mesmas; e também sobre o uso de máscara. É o mecanismo muito importante para reduzir o contágio. É importante reforçar isso com campanhas de conscientização, fiscalização”, pediu aos gestores.

O secretário de Estado da Saúde, Nésio Fernandes, apresentou algumas informações aos prefeitos, assim como as ações junto aos municípios. “A quarentena desacelerou o crescimento, mas os índices continuam altos. Algumas medidas como a adoção de leis municipais para uso de máscaras, podem ajudar a reduzir ainda mais esses índices”, estimou. Nos próximos dias o Estado enviará aos municípios testes para que pessoas com sintomas de covid possam ser testadas e isoladas, evitando a contaminação de outros munícipes.

O presidente da Associação dos Municípios do Estado do Espírito Santo (Amunes) e prefeito de Cachoeiro, Victor Coelho, ressaltou a importância de seguir as medidas estabelecidas pelo Estado.

“Estamos caminhando juntos para combater esse vírus. Aqui em Cachoeiro, nós encontramos uma forma de imunizar e fazer o bem: fizemos a vacina solidária, ou seja, recolhemos alimentos para quem precisa durante a vacinação”, concluiu.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

ES Brasil Digital

Continua após publicidade

Fique por dentro

Vida Capixaba

Continua após publicidade