21.6 C
Vitória
terça-feira, 23 DE julho DE 2024

Cariacica é líder no ES e o 10º município do País em abertura de empresas

Medidas como Simplifica Cariacica, Lei do Mosaico da Inovação, NossoCrédito, e Sala do Empreendedor contribuíram para o resultado

Por Anderson Neto

Cariacica tem se tornado cada vez mais atrativa para novos investimentos. A cidade lidera o ranking nacional do Ministério do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços (MDIC), com mais atividades econômicas com dispensa de alvarás e licenças no Estado, à frente de Vitória e Vila Velha.

- Continua após a publicidade -

“Cariacica vem se tornando uma cidade desburocratizada e simplificada economicamente. Cada vez mais empresas podem ser instaladas, e com mais rapidez”, destacou a secretária Municipal Desenvolvimento Econômico e Inovação, Lúcia Dornellas, que atribui a posição do município do ranking também pela mudança de mentalidade.

“Passamos a investir em ações para obtermos melhores resultados, tais como a revisão de todo procedimento operacional; implantação do processo digital e aplicação de leis e decretos compatíveis com a Lei da Liberdade Econômica (13.874/2019) e do Governo Digital (14.129/2021); ampliação das dispensas de alvarás e licenças para atividades de baixo risco; automatização de processos e disponibilização de consultoria para orientação dos empreendedores”, listou Dornellas.

Cariacica é o 10° município brasileiro com mais atividades econômicas com dispensa de alvarás e licenças. A cidade lidera o ranking com 689 atividades econômicas dispensadas desses documentos no Espírito Santo. Em seguida vêm Aracruz (665), Marilândia (659), Piúma (642), Nova Venécia (641), São Gabriel da Palha (640) e Afonso Cláudio (635).

Segundo a secretária, o número de 689 é fruto da quantidade de empresas que puderam começar a funcionar em Cariacica sem a necessidade de emissão de documentos públicos.

Vitória soma 620 atividades dentre os 5.568 municípios brasileiros. A Capital capixaba fica ainda atrás de João Neiva (622 atividades) e Laranja da Terra (621). Já Vila Velha ocupa posição bem abaixo da média nacional, com 497 atividades econômicas com dispensa de alvarás e licenças.

O desempenho de Vitória e Vila Velha, por exemplo, acaba influenciando na posição do Estado no ranking dos entes federados: da segunda posição no índice divulgado nos três primeiros meses deste ano – janeiro, fevereiro e março –, o Espírito Santo passou para o quarto lugar em abril, maio e junho.

Essa posição de Cariacica no ranking nacional é resultado de uma série de medidas criadas pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Inovação (Semdei). Dentre elas estão o Simplifica Cariacica, a Lei do Mosaico da Inovação, NossoCrédito, a Sala do Empreendedor, e ainda a criação do Conselho de Desenvolvimento Econômico e o lançamento do Plano do Ecossistema de Inovação.

O município aparece na frente de cidades conhecidas no Brasil, como, por exemplo, Foz do Iguaçu (673), Curitiba (555), Maceió (492), Salvador (405), Guarujá (404), Gramado (397), Olinda (345) e Manaus (313).

EstadoQuantidade de atividades econômicas dispensadas
Rio Grande do Sul770
Piauí745
Minas Gerais701
Espírito Santo620
Mato Grosso do Sul612
Pernambuco490
Rio de Janeiro346
Acre300
Alagoas300
Amapá300
Amazonas300
Bahia300
Ceará300
Distrito Federal300
Goiás300
Maranhão300
Mato Grosso300
Pará300
Paraíba300
Rio Grande do Norte300
Rondônia300
Roraima300
Tocantins300
Sergipe292
Santa Catarina290
São Paulo260
Paraná254

“Cariacica vem se firmando cada vez mais como um ambiente que atrai negócios para gerar emprego e renda para nossos munícipes. Estamos avançando cada dia mais”, destacou o prefeito Euclério Sampaio.

Espírito Santo

No levantamento divulgado pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços, o Rio Grande do Sul vem em primeiro lugar ao passar a contar com 770 atividades econômicas dispensadas de alvarás e licenças, sendo a unidade federativa com mais atividades dispensadas. Já o Estado do Piauí passou a ser a segunda unidade federativa com mais atividades econômicas dispensadas: 745 no total.

O estudo destaca ainda Minas Gerais, que dispensa 701 atividades econômicas; Espírito Santo, que dispensa 620 atividades econômicas; Mato Grosso do Sul, com 612 atividades econômicas; Pernambuco, com 490 atividades econômicas; e Rio de Janeiro, com 346 atividades econômicas dispensadas. Os sete estados possuem normas vigentes que dispensam mais atividades que a classificação nacional.

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

Matérias relacionadas

Continua após a publicidade

EDIÇÃO DIGITAL

Edição 222

RÁDIO ES BRASIL

Continua após publicidade

Vida Capixaba

- Continua após a publicidade -

Política e ECONOMIA